Home > Projetos de Prefeitura > Projetos de Prefeitura: Como calcular o quadro de Iluminação e Ventilação.

Projetos de Prefeitura: Como calcular o quadro de Iluminação e Ventilação.

ban skt

Olá pessoal.

O post de hoje é sobre uma dica de  como calcular o quadro de iluminação e ventilação de um projeto de prefeitura.

Quem trabalha com aprovação de projetos muitas vezes não encontra dificuldades na elaboração do mesmo, mas chega na hora dos calculos de área, quanta apurrinhação! O quadro de areás de iluminação e ventilação muitas vezes são também um pouco chatinhos de se fazer, mas não são um bicho de 7 cabeças, na verdade é muito simples!

Este quadro indica em porcentagem a quantidade de luz e ventilação natural que os ambientes projetados recebem diretamente do meio externo.

Os índices são estipulados também pelo código de obras e devem ser consultados diretamente junto à prefeitura da região, pois ele podem variar de 1/6  a 1/8  e  1/10  de acordo com o ambiente e o seu tempo de uso!

Sem sombra de dúvidas que todos os ambientes devem constar no quadro, como salas, dormitórios, cozinhas e etc…

Veja: A área do piso corresponde à área do piso do ambiente.

Exemplo: Uma sala de 3 m por 4 m terá área de piso = 12,00 m²

Se o coeficiente adotado para a iluminação for de 1/8 do piso com uma janela de dimensões de 2,00 x 1,00 m teremos dessa forma o seguinte quadro:

BAN cad

 

AREA PISO      COEF.      AREA EXIGIDA        AREA PROJETADA

      12,00                1/8                       1,50                                        2,00         

Para a ventilação o coeficiente será de 0,5 em relação à iluminação, então teremos o seguinte quadro:

 

VENT.  AREA EXIGIDA         VENT. AREA PROJETADA

 0,75                                                     1,00

Lembre-se de que os valores projetados jamais podem ser inferiores aos valores exigidos. Se algo desse tipo ocorrer reveja seu projeto, aumente as dimensões das aberturas, nelas estão inclusas as portas e janelas que recebem luz e ventilação direta, ou seja, o que vem do meio externo. Portas e vãos internos não entram nessa contagem.

Ambientes abertos como abrigo de autos devem constar no quadro, porém sua área projetada deve constar como VP (ventilação permanente) ou ainda “aberto”.

Model

Exemplo de quadro de iluminação e ventilação para projetos de prefeitura

Estas e outras informações estão em meu e-book: Projetos de Prefeitura, O manual do profissional autonomo da construção civil!

Aplicativo de leitura

http://loja.aarquiteta.com.br/livros/Ebook_Proj_Pref

     

ban 3ds

Espero ter ajudado nas duvidas quanto ao assunto:

Para acompanhar meu trabalho e ficar por dentro das dicas da A Arquiteta, bem como de novos cursos, tutoriais e e-books, você pode se inscrever em nosso site assinando o informativo no www.aarquiteta.com.br/loja

Você pode também se inscrever aqui no blog, em um campo aqui na barra lateral a sua direita na parte superior pra sempre receber as novidades direto em seu e-mail em www.aarquiteta.com.br/blog

Curtindo também a minha página no Facebook você também fica por dentro dos assuntos de maior ibope: https://www.facebook.com/Aarquiteta

E assinando o meu canal do youtube você recebe as notificações de novos videos que disponibilizo para voces: http://www.youtube.com/user/lucpaixao

Seguindo esses passos estaremos sempre em contato!

Bons estudos, bons projetos e muito bons negócios!

Luciana Paixão
A Arquiteta

Você também pode gostar de
Projetos de Prefeitura: Para que servem os projetos de prefeitura?
E-book: Projetos de Prefeitura| Aprenda os Segredos da Aprovação de Projetos nas Prefeituras Municipais
Projetos de Prefeitura: Pacote de 3 Cursos em 1 + E-book + Bibliotecas + Modelos de Projetos
AutoCAD: Curso para Construção Civil com foco em Projetos de Prefeitura

2 Respostas

Deixe um Comentário