O Saibro  ou claystone, é um produto mineral de pedras alteradas em rochas de quartzo e feldspato, como granitos e gnaisses.

O Saibro é uma areia avermelhada ou amarela escura pode ser encontrada em seus próprios depósitos.

Esta areia bruta é utilizada na fabricação de argamassas.

———— PUBLICIDADE ————

As quadras de saibro são feitas com uma rocha composta de hidróxido de alumínio e óxido de silício formado pelo desgaste lento de certas rochas vulcânicas.

O saibro usado nas quadras é originalmente branco, mas como outras cores entram em jogo?

A cor das quadras de tênis de saibro geralmente é mais vermelha.

Diferentes metais podem substituir o alumínio na formação da argila: cobre, zinco, magnésio, manganês, cálcio, potássio, ferro, selênio, cobalto e molibdênio.

———— PUBLICIDADE ————

Esses metais podem criar cores de argila como preto, marrom, azul, verde, laranja, rosa, roxo, vermelho e branco.

A cor da argila depende do metal primário que possui em sua composição, bem como da quantidade de outros metais presentes.

As argilas contendo muito alumínio ou magnésio podem ser brancas ou amarelas, enquanto as argilas contendo muito ferro III (Fe2O3) podem ser vermelhas ou laranjas.

———— PUBLICIDADE ————

As argilas contendo ferro II (FeO) podem ser esverdeadas, cinzentas ou creme.

Saibro de cor azul.

O azul na argila natural é causada pelos íons de potássio e ferro na argila.

Os cientistas acreditam que azul na argila, este  azul natural é causada por íons de ferro e potássio próximos uns dos outros na estrutura mineral.

———— PUBLICIDADE ————

Essas argilas têm níveis mais baixos de óxido de ferro e níveis mais altos de potássio; por isso, são cor azuis.

Diferentes cores de saibro:

Diferentes cores de argilas naturais podem ser compradas em lojas de produtos de beleza, pois são usadas em muitos tratamentos cosméticos para a pele.

Algumas quadras de tênis parecem ter uma cor azul muito profunda; no entanto, existem solos naturais de argila azul.

Saibro Azul
Saibro Azul: Fonte CHC

O azul intenso visto em algumas quadras foi produzido por humanos, processando quimicamente o barro vermelho, para remover o ferro.

A argila processada foi misturada com água e cozida em tijolo.

Os fabricantes não revelaram a composição do pigmento azul utilizado nesta etapa, nem mostraram fotos da máquina utilizada.

O pó branco é deixado em contato com o pigmento azul por 24 horas, e separado conforme o tamanho do grão para ser utilizado como base e cobertura da quadra de tênis.

Os grãos menores são usados ​​como base e os maiores formam a cobertura da quadra.

No tênis, o saibro de cor laranja é uma das três principais superfícies das quais as quadras podem ser elaboradas, tornando-se a superfície mais lenta de todas.

Alguns torneios americanos podem usar hard-tru (um tipo de cascalho com mais partículas rochosas), e o Masters 1000 de Madrid usou argila azul pela primeira e última vez.

O banco Mutua Madrileña é o principal patrocinador do torneio, e este barro azul foi usado para destacar sua marca.

O saibro foi tingido, e tem a característica de render jogos lentos e confusos mais do que em quadras de asfalto ou grama.

Esta argila azul é uma rocha sedimentar.

YouTube video

Conheça mais termos técnicos de Arquitetura e Engenharia aqui.

Espero que este artigo tenha ajudado você! Então deslize a tela para baixo e confira mais dicas como esta e não se esqueça de compartilhar com os amigos! Conheça e se inscreva para receber dicas em nosso Facebook e em nosso canal do YouTube. Quer mais dicas sobre o mundo da arquitetura e Decoração, então confira alguns dos nossos artigos em:
Luciana Paixão
Luciana Paixãohttps://www.aarquiteta.com.br
Luciana Paixão, arquiteta e instrutora renomada, autora do "Guia Abrangente para Aprovação de Projetos de Prefeituras", é reconhecida desde 2013 no campo da arquitetura. Destacada como Mente Influente pela Revista "Negócios da Comunicação" e premiada por seu trabalho em mídias sociais, Luciana acumula mais de 400.000 seguidores, consolidando sua posição de liderança no setor.
pacote formação engenharia