Home > Projetos de Arquitetura > Plantas de situação

No projeto, quando executamos a planta de situação, somos obrigados a indicar a orientação do terreno e, consequentemente, a da construção.

A planta da situação deve conter:

a)      Dimensões do terreno – testada, profundidade e linha de fundos;

b)      Afastamentos frontal e laterais, recuo ou investidura.

c)       Linhas de contorno das construções existentes em lotes contíguos e sua numeração; se não houver numeração, assina-se a distância ao prédio ou à esquina mais próxima;

d)      Dimensões do passeio e do logradouro;

e)      Orientação.

planta

Podemos observar na figura que, sendo o terreno de pequenas dimensões e já tendo sido escolhido pelo proprietário, a procura de uma orientação adequada para construção, bem como a localização da residência no terreno e dos compartimentos na residencia, torna-se difícil e quase impossível.

A localização da residência no terreno depende:

a)      Da topografia do terreno;

b)      Do gosto dos futuros ocupantes;

c)       Da zona onde se encontra o terreno e, consequentemente, das exigencias e que está sujeito.

Um terreno em declive determina muitas vezes a localização da construção nas partes mal elevadas a fim de que os moradores desfrutem do panorama.

Analisando o gosto dos ocupantes, somos muitas vezes levados a soluções que fogem a argumentos de ordem técnicas, e também não podemos afastar a hipótese da escolha do local a ser feita arbitrariamente pelo proprietário.

Quanto às exisgências, estas quase sempre se relacionam a afastamentos mínimos obrigatórios e afastamentos laterais que concorrem para uma determinada localização da construção.

A orientação dos compartimentos de finalidade a que servem.

Os dormintórios que são compartimentos de permanência prolongada noturna, necessitam de boa orientação solar. O sol da manhã é sempre mais tolerado que o sol ta tarde. Os dormitórios devem, pois, de preferência, estar voltado para nascente.

Outros fatores podem influir na sua localização. Pode haver necessidade de situá-los na parte dos fundos da casa em rua de trânsito intenso ou de localizá-lo em função de um panorama que merece ser desfrutado. O quadrante NE não é de todo desaconselhado para os dormitórios. Para nossa latitude e clima, o ideal no entanto é o compartilhamento possuir suas aberturas de iluminação e ventilação abertas para o ponto cardeal Sul.

Concluímos que o fator mais importante na orientação é a insolação. Mas a insolação depende da latitude do lugar, das estações do ano, etc.

Outros fatures, tais como clima e aeração, contribuem para a escolha de uma orientação adequada.

Varandas, árvores, brise-soleils podem melhorar ou mesmo resolver em certos casos uma insolação incômoda.

Os compartimentos de permanência transitória não necessitam de estudos acurados em sua orientação, podendo mesmo ser orientados até para o quadrante Norte e o Oeste, que são de fato os mais inconvenientes no que diz respeito à insolação das fechadas e interiores para nossa latitude (23°52’).

As aberturas nos compartimento deverão ser escolhidas de modo a obter-se a melhor insolação possível, permitindo boa aeração e vista para exterior.

FONTE:  L.OBERG

Conheça o novo PACOTE DE CURSOS com 8 cursos voltados para a Arquitetura! Um pacote com cursos que eu e minha equipe de parceiros criamos para vocês

São cursos que vão desde a representação de projetos pra você apresentar para o seu professor na faculdade como cursos para quem já se formou e precisa de algumas orientações na área de aprovação de projetos, principalmente em prefeitura e em condomínios.

nova forma

NOVA FORMAÇÃO ARQUITETURA PREMIUM .

Esse pacote é o melhor pacote de todos! Isso porque ela conta com os cursos MAIS UTILIZADOS na nossa área!

De presente nesse pacote você tem o meu e-book PROJETOS DE PREFEITURA e um PEN DRIVECARD personalizado para você guardar seus arquivos e transporta-los para onde desejar.

Visite nossa loja e adquira já o seu!

Me acompanhe no blog! Muita informação pra você que quer se manter informado no mundo da Arquitetura.

Para acompanhar meu trabalho e ficar por dentro das dicas da A Arquiteta, bem como de novos cursos, tutoriais e e-books, você pode se inscrever em nosso site assinando o informativo no  BLOG.

Você vai receber material com dicas exclusivas e gratutiras como essa pra quem deseja aprender a criar imagens 360 gratuitamente. Veja esse exemplo do  SE INSCREVA AQUI.

Aproveite e se inscreva em nosso canal do YOUTUBE e receba as novidades das aulas gratuitas diretamente e em primeira mão em seu e-mail.

Curtindo também a minha página no FACEBOOK você também fica por dentro dos assuntos de maior ibope:

Seguindo esses passos estaremos sempre em contato!

Bons estudos, bons projetos e muito bons negócios!

Luciana Paixão

A Arquiteta

luciana@aarquiteta.com.br

Deixe um Comentário