Home > Carreira Profissional > É preciso saber desenhar pra cursar Arquitetura?

É preciso saber desenhar pra cursar Arquitetura?

Para fazer o curso técnico de edificações ou de arquitetura é preciso saber desenhar?

Quero fazer Arquitetura, preciso saber ou gostar de desenhar?

Isso é muito relativo e de certa forma também muito polêmico e depende de pessoa para pessoa.

Há quem categoricamente afirme que sim, que uma coisa está  intrinsecamente ligada a outra, que para se formar um bom profissional deve-se sim ser um gênio do lápis e há também quem diga que não necessariamente.

Mesmo que não se tenha aquele talento nato no desenho, você pode aprender a técnica e desenhar e mesmo que inicialmente não se sinta muito atraído pela ideia do lápis mais tarde se apaixonar.

Na faculdade temos aulas de desenho livre, de expressão, além dos desenhos técnicos e arquitetônico, o que vai te ajudar no desenvolvimento de um talento oculto, mas tem que querer e se esforçar… quem não nasceu um gênio do lápis precisa de treino!

Mas precisamos gostar do que fazemos! Se você não gosta de jeito nenhum de desenhar, muito provavelmente que não goste de projetar.

Procure se conhecer melhor, faça testes vocacionais ou converse muito com algum Arquiteto amigo para ter certeza sobre a carreira que deseja seguir.

Por isso é que eu sempre digo se você é um jovem estudante, tiver um sonho de entrar para a faculdade de arquitetura, se tiver a possibilidade de antes fazer o curso técnico, não pense duas vezes! Isso vai te preparar para o futuro de forma que sua experiência na faculdade será menos nebulosa. Nela haverá mais tempo de preparo nessa questão do desenho.

Todo meu conhecimento de desenho técnico foi primordialmente adquirido nessa fase. Foram longas horas de relacionamento e busca de intimidade com os esquadros, régua paralela e toda aquela parafernalha que os desenhistas possuem.

Arquitetos não desenham, projetam!

O aspirante a estudante de Arquitetura deve ter em mente que o curso de arquitetura não é desenho! É projeto! O desenho é a ferramenta de trabalho do Arquiteto.

Um simples desenho à mão livre é o início de todo um processo técnico, os croquis ajudam muito pois esclarecem, ordenam e estruturam as ideias vinda de um primeiro momento.

É um meio de expressão, de transmissão do pensamento e das criações do arquiteto.  Ele auxilia na fixação do surgimento de uma primeira ideia, na solução de um problema e na modificação de seus projetos arquitetônicos.

O desenho a mão livre é a linguagem, a forma de expressão que permite a fluidez entre o pensar e o gesto manual que executa tal pensamento. Ajuda na observação da arquitetura e na assimilação do conhecimento, bem como na sua forma construtiva e seus detalhes.

Desenho técnico e arquitetônico

Quanto ao desenho técnico e arquitetônico na minha opinião é mais simples, mas para os demais desenhos como livre e o de expressão é preciso treino.

Model

Para chegar em um nível técnico como o do exemplo acima, antes o aluno passa por diversos croquis.

“Croquizando”

Os croquis são ferramentas de trabalho importantes para os arquitetos, são pequenos desenhos que fazemos naturalmente. Não precisam ser de nível artístico e profissional 5 estrelas, dignos de fama e prestigio.

Como ferramentas elas precisam te ajudar na criação e depois então passar para outras ferramentas de representação talvez mais avançadas, mas o croqui não é um bicho de 7 cabeças, é preciso se arriscar sem preconceitos, muitas vezes somos muito capazes do que imaginamos.

A seguir um exemplo de croqui de aluno feito a lápis e a mão livre:

croqui arquitetura

Veja alguns exemplos de croqui disponíveis na internet mas não se compare … eles tem o objetivo de te inspirar e não de fazer você acreditar que não pode. Existem níveis de produção de croqui, uns mais básicos feitos a lápis e o outros de alta produção e representação.

No meu tempo usa-se até nanquim….

Croqui de perspectiva interna

Croqui de perspectiva interna

Croqui de Implantação

Croqui de Implantação

Quem não reconhece o traço mais famoso da Arquitetura?? O Traço de Oscar e outro Arquitetos famosos são simples, são traços soltos!

E são bonitos pela sua natureza simples, não tem caneta nanquim, colorido, nada nada! Só o traço solto….

Desenho por Paulo Mendes da Rocha

Desenho por Paulo Mendes da Rocha

Mas se você não sabe desenhar, rabiscar croquis não se preocupe pois isso é técnica, treino e como o tempo se aprende, basta querer!

Você pode buscar pelos cursos livres, onde não há obrigatoriedade de se possuir alguma formação para desenvolver um talento oculto ou não ou melhorar ainda mais suas habilidades.

Há alguns onde o aluno é levado a desenvolver seus dons artísticos.

Desenho além de ser um dom é um treino!

O que você vai precisar treinar muito é no traço. Boa coordenação motora ajuda muito.

Veja o desenho de observação abaixo, esse é um exemplo do que você vai precisar desenvolver com treino.

mao1

O aluno observa e desenha o que vê.

Esse exercício ajuda no dia a dia do arquiteto onde será necessário que ele registre algum detalhe de forma rápida na prancheta. Eu adoraria ter nascido com esse dom de olhar e registrar tudo sem usar uma borracha inteira antes.

Mas fique tranquilo se você se empenhar você conseguirá os resultados esperados.

O meu testemunho é quando o assunto é desenho técnico ou arquitetônico eu sempre me identifiquei, ao contrário do desenho a mão livre, sempre me dei bem com réguas e esquadros. Acredito que ainda tenha uma pasta cheia dos exercícios desse tipo guardada em algum canto por ai.

O colégio técnico me ensinou muito sobre esse tipo de desenho, talvez seja por isso que não me identifico com essa outra modalidade de desenho a mão livro, não me dediquei o suficiente pois isso fazia com que eu tivesse que me esforçar demais.

Viu, como tudo depende do nosso interesse?

Para compensar essa deficiência posteriormente busquei alternativas de apresentação artísticas, como os desenhos com os filtros do sketchup ou do lumion 3d. já que os desenho do autocad e atualmente o de revit são muito mais técnicos, veja na imagem abaixo.

perspectivas-artisticas-comunidade

Para isso temos variados programas disponíveis no mercado! Basta adotar o que melhor lhe atender.

Agora se você que se aprofundar no assunto não faltam cursos para isso! Veja o curso do Professor Alexandre sobre Perspectiva a mão livre, você pode melhorar seu traço fazendo este minicurso gratuitamente.

 

 

Neste mini curso você vai aprender sobre a importância do desenho à mão livre, bem como algumas técnicas e assuntos que serão abordados no curso completo.

Aula 01 – Exercícios Iniciais de aprimoramento do traço

Nesta aula ensinamos exercícios iniciais de aprimoramento do traço, de texturas e sombreamento a lápis para preparar o aluno para as próximas aulas.

Aula 02 – Apresentação dos materiais utilizados

Nesta aula mostramos o material mínimo necessário e o material ideal que usaremos no curso. Comentamos um pouco sobre as marcas e a qualidade de cada material utilizado.

Aula 03 – Perspectiva de um móvel

Nesta aula mostraremos a construção em perspectiva de um móvel utilizando 2 pontos de fuga e mostramos alguns desenhos que podemos desenhar fazendo este curso e um breve conteúdo do curso.

Sobre o professor do curso de perspectiva à mão livre

Além de aulas sobre desenhos a mão livre, o professor também desenvolve outros cursos para arquitetos na área de desenho digital como, Sketchup, Vectorworks, Render[in] e Photoshop. Além de ministrar esses cursos, foi professor do curso de Decoração Prática no segundo semestre de 2015 no Senac em São Paulo.

Não é preciso ser um gênio do lápis e tão pouco fazer sacrifícios para se aprender a desenhar, tudo o que você precisa fazer é se dedicar em profundidade, treinando um pouco diariamente. Nos momentos mais improváveis você pode desenhar, até mesmo na hora do seu almoço ou lanche, em um papel de guardanapo por exemplo.

Desenhar de forma espontânea observando o mundo ao seu redor é muitas vezes uma terapia e sem dúvidas um meio de assim como Oscar Niemeyer, através do seu traço, criar sua marca e assinatura pessoal em seus projetos.

Com toda certeza você terá um grande desempenho acadêmico e principalmente profissional quando conseguir harmonizar as técnicas de desenho à mão livre ao seu repertório de arquitetura.

Você também pode gostar de
Como projetar dormitórios adaptados para Idosos
10-etapas-de-uma-obra
Conheça as 10 Etapas de uma Obra
Como Calcular Consumo de Pisos e Azulejos
Faculdade de Arquitetura – o que esperar dela?

2 Respostas

Deixe um Comentário