Home > Arquitetura > Como projetar com facilidade?

Você sempre sonhou em trabalhar no ramo de maquetes eletrônicas e visualização arquitetônica; talvez você deseja montar um escritório ou estúdio voltado para isso, mas já se perguntou como é o workflow dessa área ou quais ferramentas são mais objetivas para se projetar de maneira fácil e entregar ao cliente dentro do prazo? Esta resposta não encontramos na maioria das faculdades de arquitetura e design de interiores, já que os softwares estão em constante desenvolvimento e ano pós ano lançam novas tecnologias. Neste artigo vamos listar para vocês o que o mercado fornece de softwares para que você otimize seu tempo, desde o desenho técnico, passando pela modelagem 3D arquitetônica, até a renderização de imagens foto realistas. Confira:

1. AutoCAD

É o software mais antigo na indústria de softwares de arquitetura. Antes de falarmos sobre ele, vale lembrar o significado da palavra “CAD”: design assistido por computador. Foi criado pela empresa Autodesk e, conceitualmente, com ele é possível criar representações gráficas em 2D e 3D. Possui algumas variações de versões, com um conjunto específico de ferramentas voltado para cada área, além de possuir também uma versão simplificada, chamada AutoCAD LT, voltada apenas para representações em duas dimensões (nosso caso) e de baixo custo, comparado as demais versões. É adquirido na forma de assinatura e também possui uma versão educacional, gratuita por um ano.

Nele geralmente se concentra a base do projeto, que pode ser feito a partir da digitalização de um simples croqui feito a mão, ou mesmo a elaboração de um projeto complexo feito do zero, contendo plantas baixas, cortes e demais detalhamentos de arquitetura e interiores.

Uma vantagem do AutoCAD é o fato dele estar disponível para sistema operacional Windows e MacOS. Além de ser tão conhecido entre estudantes e profissionais, se torna improvável ocorrer problemas de compatibilidade ao transferir arquivos durante os processos do projeto entre empresas ou equipes. DWG é seu formato de arquivo nativo e um padrão básico para a interoperabilidade de dados CAD; ainda que outras empresas envolvidas em um mesmo projeto usem outros softwares CAD, convergem para o formato DWG na compatibilização de seus projetos.

O software também oferece suporte ao Design Web Format (DWF), um formato desenvolvido pela Autodesk para a publicação de dados CAD. Produz desenhos puramente representacionais e geralmente é o trampolim para o software de modelagem 3D. Se você ajustar a interface do usuário às suas preferências e começar a experimentar camadas e espessuras das linhas, produzirá um desenho decente com padrão e detalhes mensuráveis ​​de construção. Outra versão do AutoCAD, criada especialmente para arquitetos, é o AutoCAD Architecture. Possui recursos que permitem aos arquitetos fazer um desenho mais eficiente, criando desenhos e documentos familiares a eles. Possui a mesma plataforma do AutoCAD e isso facilita a compreensão de arquitetos experientes.

Desenho tecnico autocad - Como projetar com facilidade?
Imagem ilustrativa de desenho técnico criado no AutoCAD

 

2. SketchUp

SketchUp é o software de modelagem 3D arquitetônica mais comum entre os escritórios de arquitetura e interiores. Possui interface amigável e intuitiva, além de possuir acesso a variedade de extensões que potencializam as ferramentas de modelagem e também uma vasta biblioteca de modelos 3D prontos – 3D Warehouse – para aplicação direta no seu Projeto.

O software importa arquivo DWG, ou seja, você não precisa começar a modelar seu projeto do zero. Desta forma, é possível representar o projeto em três dimensões (3D), a partir da planta baixa feita no AutoCAD. Com ele é fácil decorar um imóvel em poucos minutos e, desta forma, fazer um rápido estudo preliminar de um espaço. Ele também possui a mesma vantagem que o AutoCAD possui, que é a disponibilidade tanto para sistema operacional Windows quanto MacOS.

O programa foi adquirido pela empresa Trimble Navigation em 2012 e, de lá pra cá, tem avançado ano pós ano com várias funcionalidades. Por exemplo: para quem está começando no ramo 3D, é possível dar os primeiros passos (ou traços…rs)  diretamente no navegador de internet, através da versão “FREE”. É uma versão bem simplificada, apenas para uso pessoal e para ter a primeira experiência sem ter que baixar o software. Não permite salvar projeto offline. Mas se você já pretende partir para uso profissional, precisará adquirir a versão “PRO” ou a versão”STUDIO”. As duas são iguais e destacamos estes pontos:

  • Armazenamento na nuvem ilimitado. Você ganha flexibilidade e tranquilidade para trabalhos em equipe, compartilhando, colaborando e armazenando na nuvem, além de coordenar seus projetos usando o Trimble Connect;
  • Criação de desenhos de pranchas em 2D. Crie conjunto de desenhos bidimensionais com a ferramenta “Layout”, muito indicado para cortes, vistas ou detalhamento de mobiliário em design de interiores. A ferramenta é interligada ao SketchUp: quando o modelo 3D muda, o documento também muda;
  • Visualização do modelo 3D em realidade virtual (RV), realidade aumentada (RA) ou realidade mista (RM), com óculos como Microsoft HoloLens, WMR, HTC Vive, Oculus Rift, Oculus Quest, Steam VR, ou mesmo visualizar em dispositivos móveis como smarthphones ou tablets.

Mas qual a diferença entre as versões PRO e STUDIO? A versão Studio possui uma ferramenta chamada “Sefaira“, que permite analisar o uso de energia, a luz do dia, o conforto térmico dos ocupantes e a HVAC antes de construir. Estas duas versões também possuem licença educacional específicas.

Sefaira sketchsp studio - Como projetar com facilidade?Imagem ilustrativa do recurso Sefaira (SketchUp Studio)

Conte uma história mais rica com o seu modelo usando animações, imagens e vídeos. Crie sobre vôos e orientações que permitam seus clientes navegarem pelo seu projeto. Comunique claramente sua visão de design exportando imagens e vídeos de alta qualidade que mostram variações e detalhes. Este é o SketchUp!

Apresentacao sketchup - Como projetar com facilidade?Imagem ilustrativa de modelo 3D criado no SketchUp

3. Twinmotion

Você já tem o modelo 3D arquitetônico criado e agora precisa criar apresentações foto realistas, dar vida ao projeto em si. A Epic Games adquiriu o Twinmotion recentemente e, o que já era bom ficou melhor ainda. Uma das características marcantes do Twinmotion é ter conseguido juntar uma interface amigável do editor com ajustes paramétricos precisos. Com poucos cliques é possível criar imagens incríveis, aproveitando o que há de mais moderno em renderização em tempo real. Isso sem contar os recursos de urbanização, geolocalização, “time of day” e estações do ano. E não para por aí: também disponível para sistema operacional Windows e MacOS, além de possuir plugin para sincronismo direto com SketchUp.

A versão mais recente do software (Twinmotion 2020) possui um excelente custo benefício, tendo em vista os outputs do programa: imagens estáticas, animações, panorâmicas 360° e passeio virtual. Mas a Epic também disponibiliza uma versão de avaliação, por tempo ilimitado, gratuita, para você testar a plataforma e dar os primeiros passos (Twinmotion 2019). Além destas, ainda possui versão gratuita para estudante ou educador. Abaixo listamos algumas características que colocam o Twinmotion como ferramenta fundamental para suas renderizações:

Praca renderizada no twinmotion - Como projetar com facilidade?Imagem ilustrativa de modelo 3D renderizado no Twinmotion

Qualidade em tempo real sem precedentes

Veja e edite sua cena em tempo real com a mesma alta qualidade da renderização final. O Twinmotion apresenta iluminação e sombreamento realistas com base física e inclui mais de 600 materiais PBR que reagem ao seu ambiente, facilitando a obtenção da aparência de que você precisa.

Fácil de aprender e usar

Uma interface simples e intuitiva torna o Twinmotion extremamente fácil de aprender e usar, independentemente do tamanho e complexidade do seu projeto ou da sua experiência anterior em computação gráfica. Arraste e solte luzes, materiais e adereços; mude a estação, o clima ou até o crescimento das árvores, simplesmente arrastando um controle deslizante.

Uma configuração, múltiplas mídias

Crie imagens simples, panoramas 360°, vídeos padrão e em 360 ° e apresentações interativas leves e compartilháveis ​​em segundos – tudo da mesma cena do Twinmotion. E com suporte para os óculos de realidade virtual (RV) mais populares, o Twinmotion pode levá-lo do BIM ao VR em segundos.

Dê vida à sua cena com ativos inteligentes

A biblioteca do Twinmotion inclui não apenas adereços estáticos como móveis e pedras, mas você também pode dar vida à sua cena com sons do ambiente, personagens humanos digitalizados com animação capturada por movimento, personagens de animais e até plantas de alta resolução que sopram ao vento – tudo apenas arrastando e soltando!

E mais…

Defina a localização geográfica do seu projeto e baixe um contexto real do OpenStreetMap. Visualize as fases de construção do seu projeto. Crie um caminho em apenas dois cliques e preencha-o com veículos ou pedestres em movimento. Este é o Twinmotion!
Com estas ferramentas você vai conseguir projetar de forma fácil. E mais do que isso: impressionar os seus clientes com apresentações imersivas e imagens belíssimas. Gostou da matéria? Quer saber mais sobre tecnologias? Clique aqui.
Você também pode gostar de
5 dicas de marketing para um Designer de Interiores
Renderizações 3D: como elas ajudam os arquitetos a conquistar clientes
D5 Render – nova solução para renderizações de alto nível com Ray Tracing
10 hábitos essenciais dos arquitetos de sucesso