Home > Eventos > Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

/
29 nov 2019
//

A convite da @vwbrasil, A Arquiteta foi testar o Golf GTE, que estreia novo conceito de mobilidade elétrica urbana.
Além, disso, a Volkswagen lança também bicicleta e patinete elétricos, em solução inovadora de mobilidade urbana

A estratégia urbana e elétrica da Volkswagen

luciana externa 03 - Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

Primeiro veículo da ofensiva elétrica da Volkswagen na região da América Latina, o Golf GTE chega ao mercado trazendo um novo conceito de mobilidade elétrica para o Brasil.

Além do Golf, a marca passa a oferecer para os clientes as soluções mais eficientes de micromobilidade
disponíveis no mundo: bicicleta e patinete elétricos. E com emissão zero, claro.

Os metros finais até o seu destino de forma sustentável

Na Europa, há uma tendência para investimento no que chamamos de “Last Mile Run”. Ou seja, o percurso final em que as pessoas percorrem até o trabalho todos os dias.

O Golf GTE permite chegar até o centro urbano no modo puramente elétrico. A partir daí, o cliente pode optar pelo patinete elétrico ou a bicicleta elétrica Volkswagen, que atendem perfeitamente as demandas nos grandes centros urbanos, integrando mobilidade.

É uma solução perfeita para uma cidade como São Paulo, por exemplo. Um cafezinho por dia.

Golf GTE: O melhor dos dois mundos

luciana interna 01 - Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

O Golf GTE une o melhor de dois mundos: desempenho esportivo com excelente eficiência energética. Pode ser conduzido no modo totalmente elétrico por cerca de 50 km.

Isso atende a demanda de 2/3 da população que vive nos grandes centros urbanos, ou de sete em cada 10 pessoas.

O cliente pode rodar todos os dias sem emitir CO2, sem ruído e gastando muito menos. Para rodar 50 km por dia, é preciso desembolsar apenas R$ 5, de acordo com o preço estimado da energia na região Sudeste. É o valor de um cafezinho!

Bicicleta e patinete elétricos

bike wolks - Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

Com desenho de estilo “mountain bike”, a bicicleta elétrica tem motor elétrico de 350W e atinge velocidade máxima de 25 km/h no modo elétrico, com autonomia de 30 km.

O patinete também tem motor elétrico de 350W, com autonomia de 20 km. A velocidade máxima é de 25 km/h – o freio na roda traseira é a disco. Sua capacidade de peso é de 100 kg.

patinete 01 - Golf GTE e outras apostas de mobilidade elétrica urbana da Volskwagen

6 elétricos e híbridos até 2023

A Volkswagen tem uma estratégia robusta para a eletrificação na Região América Latina: serão seis carros elétricos e híbridos até 2023.

O Golf GTE é o primeiro dessa ofensiva e o 14º lançamento dos 20 previstos até 2020 dentro da estratégia da Nova Volkswagen. É o primeiro híbrido da história da marca no Brasil.

O Golf GTE estará disponível em três concessionárias da marca, em regiões estratégicas (Brasília, São Paulo e Curitiba) e de alto volume para esse produto, com preço sugerido de R$ 199.990, com pacote fechado de equipamentos.

Carregamento em tomada convencional de 220V

Dentro do segmento de hatches médios híbridos, o Golf é o único com tecnologia plug-in, que permite o carregamento em tomada convencional de 220V ou em aparelhos wallbox de 3,6 kW ou mais.

Além disso, o modelo traz itens exclusivos na categoria, como ACC (Controle Adaptativo de Cruzeiro), painel de instrumentos totalmente digital (Active Info Display) e sistema de infotainment com tela sensível ao toque de 9,2 polegadas e controle por gestos.

Melhor de dois mundos

O Golf GTE tem dois motores: um a combustão de 1,4l TSI com 150 cv e um motor elétrico de 75 kW (102cv).

Combinados, oferecem potência de 150 kW (204 cv). Se o motor elétrico for a única fonte de força de propulsão, o Golf GTE pode atingir velocidades de até 130 km/h.

Quando toda a potência combinada do sistema é utilizada, o GTE vai de 0 a 100 km/h em 7,6 segundos, atingindo velocidade máxima de 222 km/h.

Ainda mais significativo é o potencial de propulsão superior do Golf GTE, obtido graças à combinação dos dois motores, que produz torque máximo de 350 Nm (35,7 kgfm).

Sua autonomia total, incluindo o motor elétrico e o motor a gasolina, ultrapassa 900 km. Resumindo: é ideal para a cidade ou para a estrada. A tecnologia híbrida utilizada pelo Golf GTE oferece vários modos de funcionamento:

Modo elétrico: basta acionar um botão ao lado do câmbio para entrar no “e-mode”. Nessa condição, apenas o motor elétrico de 75 kW (102 cv) e 330 Nm (33,6 kgfm) é utilizado, o que torna o Golf GTE um veículo totalmente livre de emissões.

Importante: sempre que o Golf GTE é ligado, o modo “e-mode” é acionado automaticamente. Em outras palavras: não há som de ignição.

No “e-mode” a velocidade máxima do GTE é de 130 km/h.

Modo híbrido: ao selecionar esse modo, a tecnologia do GTE escolhe qual é o sistema mais eficiente para cada situação de uso do veículo.

Se o carro estiver em uma condição em que o motor elétrico for mais eficiente, apenas esse sistema será utilizado. Se há uma situação em que é necessário potência adicional, o motor 1.4 TSI será acionado automaticamente.O modo híbrido possui a função de utilizar a carga da bateria ou mantê-la.

Modo recarga: nessa situação, apenas o motor 1.4 TSI de 110 kW (150 cv) e 250 Nm (25,5 kgfm) movimentará o veículo. E mais: além de mandar energia para as rodas, o propulsor fornecerá
carga para a bateria.

GTE: Esportividade é palavra de ordem nessa sigla. Nesse modo, o motor 1.4 TSI e o motor elétrico trabalham juntos para transformar o veículo em um esportivo nato.

Suas potências são combinadas e o motorista tem 204 cv e 35,7 kgfm à disposição.

Instrumentos e mostradores específicos

Os principais sistemas são acionados de forma rápida e são sempre visualizados – seja no painel de instrumentos ou no sistema de Infotainment com tela sensível ao toque, que mostra as funções como monitor de autonomia, mostrador de fluxo de energia e estatísticas de emissão zero.

Há monitor de autonomia, mostrador de fluxo de energia e medidor de energia – que mostrando quanta energia do sistema está sendo utilizada no momento ou a intensidade da regeneração da bateria.

1ª rede de recarga ultrarrápida da América Latina

A Volkswagen, juntamente com Audi e Porsche, empresas que fazem parte do Grupo Volkswagen, firmou em outubro uma parceria estratégica com a empresa de energia EDP, para a instalação de 30 novas estações de recarga de veículos elétricos no País.

Além da EDP, Audi, Porsche e Volkswagen, o acordo para o desenvolvimento de um ecossistema completo de mobilidade envolve também as empresas ABB, Siemens, Electric Mobility Brasil e Gesel/UFRJ (Grupo de Estudos do Setor Elétrico), além da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica).

Serão 29 postos de 150kW e um posto de 350kW – capazes de reabastecer a bateria de um carro elétrico rapidamente – e mais 30 equipamentos de 22kW (AC).

Assim, cada ponto de recarga terá uma estação ultrarrápida e uma semirrápida. Elas serão instaladas nas rodovias Tamoios, Imigrantes, Carvalho Pinto, Governador Mário Covas, Dom Pedro, Washington Luís e Régis Bittencourt.

Esta rede será interligada a outras já existentes no País, conectando um total de 64 pontos de carregamento, formando um corredor de 2.500 km de extensão, ligando os estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Paraná e Espírito Santo e Santa Catarina (de Vitória a Florianópolis).

Minhas impressões:

Dirigir consumindo muito pouco combustível é o sonho de todo brasileiro agora dirigir gastando ZERO COMBUSTÍVEL e ainda sem poluir o nosso rico planeta é o sonho de todo motorista!

Se você ficou curioso para saber como isso é possível fica aqui comigo até o final desse video que eu vou te contar como foi o lançamento do primeiro Híbrido da Wolkswagem aqui no Brasil!

Um veiculo com autonomia de mais de 50 Km utilizando apenas eletricidade!

Uma experiência eletrizante foi o que nos prometeu a Wolkswagem no evento de lançamento do novo Golf GTE!

No ultimo dia 11 de novembro a Wolkswagem disponibilizou oficialmente as vendas do seu mais novo veiculo 100% híbrido, ou seja um carro movido a 100 % energia elétrica e também por combustão.

E chamou nos da A Arquiteta para conhecer em primeira mão este seu mais novo modelo Híbrido: o Golf GTE que veio para dar inicio a uma nova era de veículos automotores não poluentes e com muita mas muuuita autonomia e desempenho de motor!

Nossa experiência teve inicio em São Paulo no centro de treinamentos da Wolkswagem onde tomamos um delicioso café da manhã com nossos colegas influencers seguida de uma breve explanação com as novidades e particularidades do modelo para então darmos inicio a experiência de dirigir um veiculo elétrico.

Partimos então e fomos em caravana direto para o litoral de São Paulo rumo ao Sofitel Jequitimar, guiando, claro o novo GOLF GTE!

As primeiras impressões foram as melhores possíveis!

Potência, desempenho e zero consumo!

Sem falar é claro no conforto e elegância, que não precisa nem falar… itens bem peculiares desde as gerações anteriores do modelo….

A sensação no momento é o novo sistema totalmente híbrido desenvolvido pela Wolksvagem com exclusividade para o novo Golf garante o prazer de dirigir com baixíssimo custo em combustível já que a energia que alimenta o automóvel é a elétrica!

Isso mesmo! Sabe sua rotina de carregar o celular toda a noite? Essa será a sua rotina ao ter em sua garagem um modelo como este!

Este híbrido combina a energia do tradicional motor a combustão com o inovador motor elétrico.

Você pode sair de casa com o tanque cheio e voltar depois de rodar 50km com ele intacto pois além do motor poder ser carregado em uma tomada simples 220 v com aterramento, o próprio motor capta e armazena a energia cinética gerada pelo carro assim o risco de você ficar sem combustível é ainda muito menor!

Sabe a energia dos freios? Vira combustível limpo por isso o carro economiza a bateria já armazenada anteriormente!

A menos que você não pegue congestionamento e siga em uma viagem em linha reta como uma Castelo Branco por exemplo ( Rodovia Federal ) você vai repondo a energia da bateria do motor ao mesmo tempo que dirige automaticamente.

Na melhor das hipóteses você não gasta 1 gota de combustível e ainda volta pra casa com o tanque cheio.

Se a bateria acabar você pode combinar a viagem com o motor a combustão até encontrar uma estação de carregamento e efetuar uma carga extra na bateria.

Agora se você quer poder! É só combinar os 2 motores! Vai descer a serra? Motor elétrico! Vai subir? O carro tá pesado? Aciona os 2 motores!

Para quem quer ainda mais mobilidade com sustentabilidade além do novo Golf GTE a wolkswagen seguiu a proposta de sustentabilidade e lançou a bicicleta e o patinete elétricos!

Se você sempre quis uma bicicleta mas não tinha energia ou lugar para guarda-la agora você não tem mais desculpas!

Tanto o patinete quanto a bicicleta são desmontáveis ou seja você pode deixa-los ainda mais compactos pois eles permitem dobra-los para melhor transporte ou armazenamento.

Ah e não queira compara-los com as bicicletas e patinetes com os modelos de alugueis que encontramos em algumas cidades como São Paulo por exemplo, pois os modelos da Wolksvagem possuem amortecedores e são de muita qualidade sendo que o patinete pode alcançar ate 30km por hora!

Em fim! Pudemos testar todas as opções de solução de mobilidade urbana por eletricidade! Testamos e aprovamos!

Depois dessa experiencia eletrizante foi nos oferecido um maravilhoso jantar onde pudemos trocar mais experiências com os colegas!

E é isso ai! Então eis que foi dada a largada na corrida contra a emissão de poluentes dos veículos automotores com sistema a combustão!

Seja bem-vindo Novo Golf GTE.

Obrigada Wolksvagem pelo convite foi uma experiência realmente inovadora!

Grande abraço e até a próxima!