Home > Eventos > II Fórum Mundial Niemeyer

II Fórum Mundial Niemeyer

/
18 jul 2019
//

A Segunda edição do Fórum Mundial Niemeyer vem para capital paulista!

O Fórum Mundial Niemeyer é um evento em prol de uma sociedade e cidades mais justas, inclusivas, sustentáveis, eficientes e democráticas, sua primeira edição foi realizada entre os dias 16 e 19 de outubro – no Rio de Janeiro, e reuniu 31 palestrantes do Brasil e do exterior.

Durante o evento, os participantes abordaram temas muito além da arquitetura e o legado deixado pelo arquiteto Oscar Niemeyer, que abrange Políticas Urbanas, Cientificas e Culturais.

Foram 04 dias de reflexão e debates sobre o rumo e futuro da importância da arquitetura, como interventor no desenvolvimento das cidades de modo a torná-las mais inclusivas e humanas.

A primeira edição carioca foi um sucesso que deixou os paulistas aguçados pelos conteúdos aplicados, o que fez a direção trazer o evento para o Memorial da América Latina, de 26 a 30 de agosto, será o mesmo formato, mas como todos ficaram com um gostinho de quero mais, a programação foi estendida para uma semana. Os temas serão: Artes e Humanidades, Sustentabilidade, Cidade e Planejamento Urbano e Inclusão e Arquitetura, ambos os assuntos serão abordados por grandes profissionais do setor que trarão em suas apresentações reflexões de responsabilidade sociais que sempre foi o legado de Oscar Niemeyer.

Os projetos do Paulo Niemeyer não param de crescer, na estreia do Fórum foi anunciado o Prêmio Global Niemeyer.

“O Prêmio Global Niemeyer é uma premiação de âmbito internacional que tem como objetivo promover e laurear a excelência de ações e projetos de políticas urbanas, culturais e científicas, pretendendo honrar o legado humanístico do meu bisavô, que sempre manteve um claro discurso político em favor de um mundo mais solidário. E ao homenagear práticas bem-sucedidas no âmbito da arquitetura, urbanismo e outras categorias, daremos voz a projetos de cunho social, técnico e artístico-cultural democráticos que precisam de atenção para maior visibilidade e apoio”, declara Paulo Sérgio Niemeyer – presidente do Instituto Niemeyer de Políticas Urbanas, Científicas e Culturais.

O Prêmio Global Niemeyer será lançado em São Paulo na segunda edição do Fórum e contemplará oito categorias:

· Arquitetura e Humanismo;

· Soluções Urbanas e Responsabilidade Social Artes de Cunho Social;

· Ciência e Tecnologia à Serviço da Sociedade;

· Esporte Solidário;

· Acessibilidade;

· Personalidade do Ano;

· Sustentabilidade.

A ação conta com apoio do Green Building Council Brasil, que premiará ações em conformidade com os objetivos de desenvolvimento sustentável das Nações Unidas. E a pretensão é o Prêmio Global Niemeyer é ser uma espécie de Nobel de políticas urbanas sustentáveis, que será auferido a cada ano, tendo como corpo de Júri, pessoas de notório conhecimento em cada área contemplada, sob a curadoria do Instituto Niemeyer.

A Data do evento será de 26 a 30 de agosto no Memorial da América Latina e estaremos lá para prestigiar o evento!  Para quem não puder estar presente acompanhe-nos pelas redes sociais e fique por dentro dos destaques do evento!

Instagram: www.instragram.com/aarquitetablog

Segue a Programação do II Fórum Mundial Niemeyer:

SAVETHEDATE Niemeyer post 1 750x330 - II Fórum Mundial Niemeyer

Segunda-feira | 26 de Agosto

Wagner Moura: Fraternidade sem Fronteiras: Projetos Humanitários para um Mundo Melhor.

Ricardo Yogui: Tecnologia e Humanidade: Soluções Inovadoras para Gestão de Desastres, Crises e Emergências.

Débora Garofalo: Lixo e Tecnologia: Tudo a ver.

Patrick Coulombel:“Construa Muros para Reconstruir Vidas”

João Candido Portinari: “Portinari: Pintor da Paz”

Rodrigo Cremer: “Negócios Disruptivos: Como as Empresas estão se Reinventando”

Helena Singer: “O Movimento de Inovação na Educação”.

Leonardo Filardi: “Marketing e Empreendedorismo: A Importância da Abordagem Intuitiva e Inovadora na Atualidade”

Hector Gusmão: “Impactos da Tecnologia na Humanidade”

Mediadores: Alexandre Murucci, Fabio Varzea e Francisco Ferreira

Terça-feira | 27 de Agosto

Sérgio Besserman: Cidades e Mudanças Climáticas.

Weber Amaral: “Os Avanços da Logística Reversa nas Indústrias de Base”

Simone Nogueira Paschoal: “Resíduos Sólidos: Avanços e Retrocessos no Brasil e o que Esperar”.

Vanessa Gomes: “Avanços e Retrocessos nas Práticas da Arquitetura Sustentável”

Pedro Taddei e Rafael Aranda:

“Valorização da Natureza, dos Vazios e da Essência dos Lugares: Uma Nova Produção Arquitetônica”

Gustavo Moraes: Energia Solar Fotovoltaica: Desafios e Oportunidades.

Fábio Miranda: “Modelo de Projetos Sustentáveis: O que Aprender com as Comunidades”

Marcos Zanette: “Tudo pode ser Transformado: Um Ciclo Infinito de Reaproveitamento, Arte e Humanidade”

Mediadores: Vicente Castro e Sidney Oliveira

Quarta-feira | 28 de Agosto

Margareth Uemura: “A Busca de Planejamento de Cidades de Maneira Inclusiva”

Marta Obelheiro: “O Desenho Urbano como Elemento de Segurança nas Cidades”

Luiz Cesar Q. Ribeiro: “Autonomia Municipal e Gestão Metropolitana Integrada: Desafios a Vencer com o Estatuto das Metrópoles”

Victor L. Miguel: “O Papel da União Africana de Arquitetos na Expressão Coletiva”

Carlos Eduardo Nunes Ferreira: O Legado de Lúcio Costa.

Dr. Carlos Augusto Mattei Faggin: “A Importância da Cultura e Economia Criativa na Vida Urbana”

Han Young Keun: “A Arquitetura e a Estética das Cidades”

Nádia Somekh: “A Verticalização das Cidades: Limite para a Otimização do Uso do Espaço?”

Regina Monteiro: “Cidade Limpa, uma Necessidade Mundial”

Mediadores: Denise Vogel, Simone Feigelson e Vicente Wissenbach

Quinta-feira | 29 de Agosto

Paulo Mancio: “Arquitetura e Design como Agente Transformador”

Walter Makhohl: “A Importância da Arquitetura nas Práticas Educacionais”

Cláudio Queiroz: “O Papel do Arquitetura na Qualidade da Vida Urbana”

Ermínia Maricato: “Conclusões do Congresso BR CIDADES”

Isa Grispum Ferraz: “Novas Demandas na Atuação dos Arquitetos Urbanistas”

Carlos Fernando Andrade: “Descidades”

Vivi Tiezzi: “A Segurança Viária e o Desenvolvimento de Cidades Sustentáveis”

Bruno Mahafuz: “Soluções Digitais Para Uma Cidade Mais Inclusiva”

Monica Schimenes: “Todos os Tons da Inclusão”

Mediadores: Haroldo Pinheiro e Tania Moura

Sexta-feira | 30 de Agosto

Reinaldo Bugarelli; “A Unidade da Diversidade: Desenhando Vias Sustentáveis para o Futuro da Humanidade”

Ruy Marra: “A Influência das Emoções no Eixo Cérebro Coração”

Dr. Nelson de Souza e Silva: “Injustiça Social e Saúde: O Impacto das Condições de Vida no Desenvolvimento Humano”

Raquel Rolnik: “Moradia Adequada é um Direito: Guerra dos Lugares”

Jorge Lobos: “A Arquitetura como Direito Humano”

Roberto Simon: “A União: O Paradigma dos Novos Tempos”

Cid Alledi Filho: “A Arte de Dialogar”

Antonio Toze: “Você é um Produto Cultural: Arte, Imagem e Repertório”

Ligia Costa: “Empreendedorismo com Propósito, o Trabalho Alinhado ao Estilo de Vida”

Joana Kaczan London: Mediador

Paulo Monteiro: Mediador

Robson Santarém: MediadorInscrições Abertas Niemeyer post 1 e1563464075917 - II Fórum Mundial Niemeyer

Ficou interessado em participar?  Então Inscreva-se aqui!

Sobre O Instituto Niemeyer de Políticas Urbanas, Cientificas e Culturais:

Criado em 02 de junho de 2010, pelo seu Presidente de Honra Oscar Niemeyer e seu bisneto e atual presidente Paulo Sérgio Niemeyer, o Instituto tem como objetivo principal preservar o legado deixado por Oscar Niemeyer e ampliar o impacto das soluções que fazem parte da agenda urbana e social, que sempre fizeram parte de suas criações arquitetônicas e princípios humanos.

O instituto tem ainda como meta o resgate das imensas comunidades carentes que ocupam mais de 60% das grandes cidades do País e o futuro sustentável dos recursos naturais do planeta.

É ainda intuito do Instituto, fomentar plataformas que estejam comprometidas com o bem público e ações que possam solucionar a complexidade urbana do país, além da abordagem dos problemas urbanísticos, que envolvem o que mais atinge o dia-a-dia das pessoas – mobilidade, saneamento, segurança, estrutura educacional prioritária, equipamentos culturais, zoneamentos econômicos, ampliação do IDH e ações que façam todo o tecido urbano ter parâmetros de sustentabilidade responsável e ativo, numa profícua sinestesia entre campo, áreas industriais, de comércio e principalmente suas periferias, reais e simbólicas.

Sobre Paulo Sérgio Niemeyer

A atuação de Paulo Sergio Niemeyer data mais de 20 anos.

Bisneto do grande nome da arquitetura mundial, Oscar Niemeyer, Paulo sempre teve um convívio muito próximo a seu bisavô. Desde sua infância já corria e brincava entre projetos, croquis e giz.

O talento sempre lhe foi nato.

Uma vocação descoberta quando muito jovem e apurada ao longo do tempo, colaborando no desenvolvimento de projetos de Oscar Niemeyer realizados em muitas cidades brasileiras como aqueles construídos no Caminho Niemeyer em Niterói/RJ, Torre de Natal em Natal/RN , o Auditório São Paulo no Parque do Ibirapuera, em São Paulo/SP, Palácio Arariboia, Portugal Pequeno, restauro do Forte do Imbuí, Solar do Jambeiro em Niterói/RJ, Memorial Luis Carlos Prestes em Porto Alegre/RS, entre outros e no exterior a exemplo o Sede do jornal L’Humanité – Saint-Denis – França.

Sempre partilhando com o grande artista Oscar a busca da surpresa arquitetural.

Não faltam “afinidades eletivas” entre Oscar e Paulo Niemeyer: a compreensão de que arquitetura é invenção, a procura de novas formas de comunicação visual, a preocupação em harmonizar espaços cheios e vazios, a eleição pelas curvas, torna seu bisneto o herdeiro das curvas de Niemeyer.

Foi em 2008 que Paulo Passou a se dedicar em projetos próprios, abrindo Niemeyer Arquitetos Associados.

Em 2010, com seu bisavô, abre o Instituto Niemeyer de Políticas Urbanas e Culturais – INPUC, instituição sem fins lucrativos, pessoa jurídica com direito privado.

 

Acompanhe a pagina do Instituto no Instagram em @institutoniemeyer e fique por dentro de mais detalhes sobre o evento.

Esperamos você lá!