Caibros: O que são e para que servem?

Os caibros suportam as terças, que suportam o peso das outras partes do telhado.

Eles são feitos com várias madeiras duras, incluindo peroba-rosa, rosadinho, itaúba, angico-preto, eucalipto e cedrinho.

———— PUBLICIDADE ————

Os caibros ficam abaixo das vigas, em contato próximo com o telhado.

Os caibros também são conhecidas como subestruturas; suportam telhados e o peso de outros componentes.

São tipicamente feitos de madeiras de peroba-rosa, rosadinho, itaúba, angico-preto, eucalipto, pinheiro e cedrinho.

Acima das terças – sendo de madeira mais grossa – as vigas se conectam às ripas – sendo de madeira mais fina – que sustentam as telhas. Isso custa cerca de 5% dos custos totais de construção e é um componente crucial para garantir uma montagem adequada.

———— PUBLICIDADE ————

A não montagem correta das vigas pode acarretar problemas na estrutura da cobertura e permitir a infiltração de água na edificação.

Como se calcula o tamanho dos caibros?

Especialistas profissionais, como arquitetos, engenheiros e capatazes, precisam calcular o suporte e a resistência adequados de um telhado.

No entanto, as medidas mínimas para as vigas são de 5 x 6 cm, e a distância máxima entre as extremidades é de 50 cm.

———— PUBLICIDADE ————

A colocação cuidadosa das telhas no telhado após a colocação dos caibros proporcionará a melhor cobertura e ajuste.

Às vezes, a madeira utilizada para os caibros são apenas pedaços de alvenaria empilhados, proporcionando sustentação e compressão.

Onde se utiliza os caibros?

caibro de madeira

———— PUBLICIDADE ————

Esses suportes são usados ​​em muitas situações; como base para lajes, estruturas pré-moldadas e coberturas.

É importante usar bons suportes e materiais de cobertura ao construir uma casa.

Qual a madeira certa para os caibros?

A madeira certa para cada tamanho de projeto é indicada, e deve ser escolhida pelos profissionais: eles sabem avaliar especificamente cada caso.

Os estilos devem ser selecionados por especialistas: eles saberão o que será mais seguro e estável. Uma base bem construída criará uma base sólida para que as telhas se encaixem bem.

No que lhe concerne, os futuros proprietários não terão que se preocupar com reparos ou reformas em seu telhado.

Em vez disso, eles podem se concentrar em acabamentos e detalhes internos sem qualquer preocupação com a segurança.

Segurança com o uso correto do Caibro.

Ter um edifício estruturalmente sólido é mais importante do que ter um que seja esteticamente agradável.

A beleza pode ser facilmente perdida devido a falhas na fundação ou no sistema de suporte.

É por isso que é crucial seguir as regras ao selecionar os materiais para as vigas que suportam o telhado.

Além disso, esta regra se aplica a outros sistemas de suporte, como terças, tramas e peças de tesoura – também chamados de telhas.

Isso porque esses sistemas manterão os ocupantes confortáveis ​​e protegidos de altas temperaturas com isolamento térmico de primeira.

O foco principal de qualquer projeto deve ser a segurança, pois a beleza pode ser perdida devido a erros na integridade estrutural.

Portanto, escolher o caibro certo para apoiar seu telhado é crucial, pois errar pode ser caro.

O mesmo vale para os outros itens que sustentam suas telhas: ripas, terças, tramas e tesouras.

Esses itens proporcionam excelente cobertura e bom isolamento térmico, garantindo que seu telhado seja confortável.

Conheça mais termos técnicos de Arquitetura e Engenharia aqui.

 

 

Espero que este artigo tenha ajudado você!Então deslize a tela para baixo e confira mais dicas como esta e não se esqueça de compartilhar com os amigos!Conheça e se inscreva para receber dicas em nosso Facebook e em nosso canal do YouTube.Quer mais dicas sobre o mundo da arquitetura e Decoração, então confira alguns dos nossos artigos em:
Luciana Paixão
Luciana Paixãohttps://www.aarquiteta.com.br
Luciana Paixão, arquiteta e instrutora renomada, autora do "Guia Abrangente para Aprovação de Projetos de Prefeituras", é reconhecida desde 2013 no campo da arquitetura. Destacada como Mente Influente pela Revista "Negócios da Comunicação" e premiada por seu trabalho em mídias sociais, Luciana acumula mais de 400.000 seguidores, consolidando sua posição de liderança no setor.