Home > Viagens > Buenos Aires – Um passeio pela Arquitetura da cidade Portenha

Buenos Aires – Um passeio pela Arquitetura da cidade Portenha

///
Comments are Off

Quando se pensa em Buenos Aires logo pensamos na linda cidade com obra arquitetônica considerada hoje patrimônio nacional da cidade portenha.

Um bom passeio em Buenos Aires levam 4 dias. Onde descemos e passeamos pela diagonal norte, o encontro entre as Avenidas 9 de Julio e Corrientes, no centro, é o local onde foi hasteada pela primeira vez a bandeira da Argentina, por isso no local foi construído o Obelisco, simplesmente um marco, tudo ao seu redor é imponência pura.

 

Icone da independencia argentina

El obelisco de Buenos Aires, Argentina

Ao lado da Avenida Corrientes está a Avenida Diagonal Norte, que carrega o nome oficial de Presidente Roque Saens Peña, ela que faz a ligação do Obelisco até a Casa Rosada, a mais bonita da cidade por sinal.

É só descer 4 quadras esta avenida até a Plaza de Mayo que você logo notará a imponência dos edifícios, inspirados na Arquitetura Francesa. Notará também que todos os possuem o mesmo gabarito, ou seja, têm a mesma altura.

Passamos também pela Casa Rosada, que é a sede da presidência da república Argentina, onde o presidente despacha. Assim chamada pela cor rosa e localiza-se em frente à Praza de Mayo, um local muito conhecido no mundo.

Sede da Casa do Governo Argentino

La Casa Rosada, Buenos Aires, Argentina

Você pode visita-la gratuitamente aos sábados, dia em que ela sempre está aberta ao público.

A Praza de Mayo atualmente tem sido palco de muitas manifestações contra o governo, e diga-se de passagem, que belíssimo palco! Um jardim lindo e muito bem cuidado saúda os turistas convidando-os para fazer fotos nesse lindo cenário.

Jardim da casa rosada

Jardim Praça de Maio, Buenos Aires, Argentina

É desse local que também pode-se ver a Catedral de Buenos Aires, que apesar de não ter uma fachada muito lá parecida com igreja, vale a pena o passeio. Essa é a famosa Catedral onde o Papa Francisco, antes de ser Papa, celebrava suas missas aos domingos. A catedral também é famosa por abrigar os restos mortais do General San Martín, o herói da independência de muitos países da América do Sul. Em 1942 foi declarada Patrimônio Histórico Nacional.

Igreja Buenos Aires papa francisco

Catedral Metropolitana de Buenos Aires, Argentina

Bem abaixo da Casa Rosada está o museu do Bicentenário. Bem novo e moderno, o museu conta a história de 200 anos de Argentina. Funciona de quarta a domingo e a entrada fica ao lado direito da Casa Rosada.

A Avenida de Mayo é também muito conhecida por ligar a Casa Rosada ao Congresso Argentino. Somente com edifícios antigos e históricos, a avenida conta com arquitetura de ares franceses e uma infinidade de cafés.

No seu subsolo passa a linha A do SUBE, a linha mais antiga de metrô das Américas que ainda conserva bastante os seus traços originais em muitas das instalações. Cada uma das estações tem uma cor diferente, exatamente para ajudar os analfabetos daquela época a descerem no lugar correto. Vale a pena dar uma voltinha de metrô só para conhecer.

Se quiser aproveitar e tomar um cafezinho, visite o café Tortoni (No 825) muito visitado pelos turistas e também pelos locais.  O café foi inaugurado em 1858. Uma verdadeira viagem no tempo, pois ainda guarda os traços originais da era de ouro da cidade em meio a novos edifícios que vão sendo construídos, muitas vezes mesclando a Arquitetura eternizada com novas tecnologias.

 

Arquitetura classica francesa

Arquiteturas de Buenos Aires, Argentina

Passear por Buenos Aires é apreciar sua Arquitetura, comida e comércio.

A Calle Florida abriga dezenas de lojas, a maioria especializada no comercio de couro. É uma verdadeira tentação andar por esta rua. Mas se você deseja investir no couro argentino, os próprios argentinos sugerem que os turistas visitem as fábricas onde os preços dos casacos são bem mais baratos que na própria Calle Florida. Você pode voltar para casa com a mala mais pesada.

A rua é também conhecida por seus cafés e restaurantes, o passeio pela rua florida é na verdade um grande calçadão com 1,2 km de extensão, e é muito agradável, exceto pela abordagem um pouco invasiva de agentes de turismos oferecendo serviços de passeio e de câmbio. Andar por ela pode ser uma atividade difícil já que existe grande quantidade de pessoas circulando.

A loja mais famosa de Calle Florida é a Falabella, o equivalente a Renner e C&A com muitos andares. Possuem 2 filiais na mesma quadra, uma comercializa roupas e eletrônicos e a outra, itens de decoração. Opa!!

Mas existem lojas de todos os tipos. Caminhe em direção a Plaza San Martin, cruze a Avenida Corrientes e vá até as galerias Pacífico, que faz esquina com a Calle Florida com a Córdoba. O edifício chama a atenção não pelo comercio em si, mas pela Arquitetura que, apesar de datar de 1888, continua belíssima com suas cúpulas.

O local possui lojas de muitas marcas, todas de alto padrão, mas vale a pena parar para tomar um café ou um lanche ou até mesmo almoçar na praça da alimentação.

rua Florida em Buenos Aires

Calle Florida Buenos Aires, Argentina – Foto: Sebi Rapi

 

Para quem gosta de livros, como eu, Buenos Aires possui uma das livrarias mais bonitas do mundo. El Ateneo, fica localizado na Av. Santa fé, quase de esquina com Avenida Callao. Dá para fazer muitas fotos por lá.

Antigo teatro que hoje abriga uma das mais bonitas livrarias de Buenos Aires

Passamos também pela Recoleta, um dos bairros mais clássicos de Buenos Aires, os edifícios são de uma época mais aristocrática e luxuosa e muitos ainda são bem conservados.

Quer conhecer o local mais sofisticado de Buenos Aires? Desça pela Callo por 8 quadras até chegar na avenida Alvear, a avenida onde se concentra os mais diversos hotéis de luxo, como Alvear, e claro que não poderia faltar mais lojas chics.

Há duas quadras dali está localizado o Shopping Aires Design e o Cementerio de la Recoleta. Trata-se de uma verdadeira necrópole, um museu a céu aberto, um imenso cemitério com mausoléus que chamam a atenção por sua luxuosidade e ostentação, com construções de arquitetura de influência greco/romana. É muito conhecido por abrigar jazigos de nomes importantes da Argentina como Evita Perón.

uma das Arquiteturas de mausoleus mais famosa do mundo

Mausoléus Cemitério de La Recoleta, Buenos Aires, Argentina

 

 

Histórias del cementerio de la Recoleta

Cemitério de La Recoleta

Os jardins que rodeiam o cemitério constituem uma área de lazer muito popular entre os portenhos.

O distrito da Recoleta é um dos mais nobres da capital argentina. Trata-se de um passeio longo e um pouco cansativo para quem não aprecia história ou arquitetura, pois a situação pode parecer um pouco mórbida, mas a Recoleta é um dos pontos turísticos mais visitados da cidade.

Cheio de histórias curiosíssimas, para mim a mais impressionante é o do coveiro que se matou para inaugurar a própria tumba e da moça que morreu 2 vezes!

E tem também a história de uma moça que pediu pra ser enterrada junto com seu animalzinho de estimação… coitado do bichinho…. será que ele morreu junto??

Inacreditável, não é mesmo?

Veja a foto acima e veja que eu não estou mentindo…rs

Tudo nesse cemitério é ostentação!

Visite também o Museu Nacional de Bellas Artes, localizado na Av. Libertador 1473, coladinho a Plaza Francia, onde está o cemitério.

Um museu feito para quem realmente aprecia arte, a entrada é gratuita e conta com um acervo gigante. Programe-se para passar umas boas horas por lá. O museu ganhou notoriedade pelas  doações dos endinheirados da época, tais como Rodin, Van Gogh, Gauguin, El Greco, Pollock, Rothko, Manet e Monet, sem falar nos demais artistas argentinos.

Não deixe de dar uma passadinha pela Floralis Genérica, a flor metálica mais famosa de Buenos Aires, localizada ao lado da faculdade de Direito; é só atravessar a avenida que fica atrás do Museu de Belas Artes.

Flor mecânica de Buenos Aires

A flor que homenageia Buenos Aires é uma atração aos turistas, localizada ao centro de um grande espelho d´agua. Por todos os ângulos é possível fazer fotos muito lindas com ela.

A flor é mecânica e se abre de manhã e fecha ao final do dia, e a noite luzes avermelhadas deixam a escultura ainda mais bonita.

Há uns 20 minutos a pé dali está localizado o MALBA, Museu de Arte Latino-americano de Buenos Aires. O museu mais famoso de Buenos Aires é uma das partes mais bonitas da cidade, onde estão localizados várias embaixadas e consulados.

Possui um acervo menor que o Museu de Bellas Artes, mas suas obras são emblemáticas, dos artistas mais consagrados da América Latina, como o Abaporu da nossa Tarsila do Amaral e o autorretrato de Frida Kahlo, fora as muitas exposições que passam por ali.

O ingresso custa 15,00 reais e é aberto de terça a domingo.

 

Para quem curte um museu não pode deixar de visitar também o Museu Evita. Está localizado na Lafinur 2988, um pouco distante, vai precisar de um carro. O museu fica no casarão onde Evita recebia os pobres e conta toda a trajetória dessa grande heroína argentina.

Já o Planetário é um ótimo passeio para se fazer com crianças, e conta ainda sala para espetáculos. A entrada custa 15,00 reais e é aberto de terça a domingo. Se este passeio não lhe agradar, Palermo com certeza irá, coladinho ao planetário os Jardins de Palermo conta com lagos maravilhosos e uma enorme pista para correr, O local perfeito para se exercitar, nisso os portenhos estão bem viu…

Ao lado da estação Plaza Itália do metrô, linha D verde, fica o Zoológico de Buenos Aires que agrega simultaneamente história e natureza.  Fundado no século passado, as instalações onde ficam os animais homenageiam vários países, como construções chinesas, indianas e inglesas. Existe também o Zoo de Lujan que é mais afastado da cidade e os bichos ficam soltos como em um simba.

DICA DE COMPRA

Oba! Villa Crespo, esquina Galle Gerruchaga e Aguirre. Nessa esquina estão localizados vários outlets de marcas internacionais e argentinas, com os melhores preços da cidade. Para quem se interessa por roupas em couro, fuja da Calle Florida e vá para Calle Murillo, são 3 quadras só com lojas que comercializam peças em couro diretamente com os produtores e preços mais acessíveis.

 

Quem curte o personagem de Mafalda dos quadrinhos, tem que passar por San Telmo, onde está localizada a famosa estátua de Mafalda, local onde morou o criador do personagem, a sessão de fotos ali está liberada.

Encontre Mafalda em San Telmo

Mafalda, San Telmo, Beunos Aires, Argentina

Além do trio acima os demais personagens dos quadrinhos estão espalhados pela cidade, é só sair em busca e sacar fotos!

Andando ao longo da Calle Defensa, passando pelas barraquinhas de rua, chegamos até o mercado de San Telmo com suas lojas de antiguidades, artesanatos, carnes e frutas. Esse mercado é o retrato fiel da antiga Buenos Aires.

Para quem gosta de “velharias” a feira de San Telmo é um prato cheio. Os vendedores são super carismáticos e verdadeiros personagens, há danças de tango e tudo!

Outro local importante de Buenos Aires é Caminito, uma rua localizada em um bairro mais humilde, no entanto não menos atrativo aos turistas. Caminito é uma rua localizada no bairro de la Boca, um bairro modesto com construções simples, caracterizada pelo colorido oriundo da pintura das casas dos imigrantes italianos que vinham trabalhar no porto.

As construções simples mostram sua arquitetura construída em sua maioria com 2 materiais em destaque: madeira e placas de zinco.

Tire um domingo para ir até lá, pois é mais divertido, a pequena rua é o cartão postal da cidade e também onde muitos artistas expõem suas obras para os turistas enquanto, eles se divertem dançando tango e posando pra fotos.

La Boca, é um bairro também muito visitado por turistas, localizado próximo ao porto, originalmente foi habitado por estrangeiros espanhóis e italianos que chegavam para trabalhar no país. Esses estrangeiros construíram suas casas nessa região por ela ser estratégica em sua localização. Eles utilizavam as sobras das tintas dos navios para pintar suas fachadas, por isso as casas são tão coloridas.

Arquitetura de Reciclagem Portuaria em Caminito

El Caminito, La Boca, Buenos Aires, Argentina

O time que fez o bairro da Boca tão famoso – estádio La Bombonera – possui um interessante museu interativo, que mostra todas as glórias do Boca Jr. Quem gosta de futebol vale a pena fazer uma visita guiada pelo interior do estádio e pisar no gramando de maradona.

Um outro ponto turístico de grande atratividade é Puerto Madero, criado na última década do século XIX logo ficou obsoleto devido ao surgimento de navios de carga maiores, e a construção de um novo porto, o Puerto Novo. Com isso o local ficou degradado por anos até que em 1989 uma associação assinou a reurbanização da região, que despertando o interesse na iniciativa privada, firmou parceria com o governo da cidade.

Nova vista depois da Restauração de Porto Madero

Vista Panorâmica Superior Porto Madeiro, Buenos Aires, Argentina

Barcelona entra em cena e com seu o apoio foi criado um plano diretor chamado por “Plano Mestre”. Com a bagatela de 1 bilhão de dólares Puerto Madero foi revitalizada, abriram-se várias ruas, avenidas, parques e monumentos.

Vista de um dos 4 diques de Puerto Madeiro

Puerto madero durante o dia

 

a Vista com as luzes de porto madero durante a noite
Puerto Madero a noite

 

O bairro foi totalmente reconstruído através do investimento estrangeiro que revitalizou a paisagem urbana, com a recuperação de armazéns que se tornaram elegantes bairros residenciais, com área para escritórios, universidades, restaurantes e hotéis de luxo.

E é palco para milhares de turistas apreciarem sua paisagem tanto durante o dia como a noite, quando se acendem as luzes e a cidade ganha um novo colorido. Muito romântico por sinal.

Vista panoramica de porto madeiro pelo arquiteto Martin St-Amant (S23678)

Foto por Martin St-Amant (S23678) – Obra do próprio, CC BY-SA 3.0

 

Puerto Madero foi reconstruída através de projetos arquitetônicos de nomes importantes como Santiago Calatrava, Norman Foster, Cesar Pelli e Phillippe Starck. Apesar do projeto ter sofrido interrupções durante a recessão (período da minha visita a cidade), a partir de 2003 houve um novo impulso imobiliário .

Com isso Puerto Madero foi dividida em 4 regiões mais conhecidas como diques e transformou-se no projeto de renovação urbana mais bem sucedido do mundo em menos de duas décadas. Entre as obras mais conhecidas estão a Puente de la Mujer de Calatrava, e o museu Presidente Sarmiento, em homenagem ao primeiro navio Argentino.

 

Puente de la mujer

Puente de La Mujer

 

Muitos arranha-céus de até 50 andares foram construídos de fronte ao Rio de La Plata.

A valorização dos imóveis atraiu o interesse de investidores estrangeiros, o que o transformou no bairro mais caro da cidade. É um ponto turístico importante de Buenos Aires, edifícios como: El Mirador de Puerto Madero Towers, Towers Renoir, El Faro Towers, Torre de Chateau Puerto Madero e Torres Mulieris, entre outros, são alvo de visitas dos turistas.

 

novos arranha ceus em porto madero

Novas Arquiteturas de Puerto Madero

Esses são alguns dos pontos turísticos principais de Buenos Aires., caso você deseje visitar, entender a cidade e apreciar a Arquitetura. Aproveite que é ali pertinho, está há umas duas hora e meia de voo.

Buenos Aires é um bom passeio, ainda mais para quem curte o friozinho do inverno como eu, pois a paisagem colabora muitíssimo com os turistas proporcionando uma experiência memorável e muito agradável.

Você também pode gostar de
Como projetar dormitórios adaptados para Idosos
10-etapas-de-uma-obra
Conheça as 10 Etapas de uma Obra
Como Calcular Consumo de Pisos e Azulejos
Faculdade de Arquitetura – o que esperar dela?