Home > Projetos de Prefeitura > 5 dicas para preparar um bom Projeto de Prefeitura

5 dicas para preparar um bom Projeto de Prefeitura

///
Comments are Off

O Projeto Legal, Projeto de Aprovação ou ainda o Projeto de Prefeitura como é mais popularmente conhecido, é uma das etapas de projetos bem conhecida pelos Arquitetos, principalmente o de Edificações, etapas de projeto as quais já falamos muito por aqui.

Se você quer aprender mais sobre como desenvolver um bom projeto de prefeitura, fique ligado nessas 5 dicas.

5 dicas para preparar um bom Projeto de Prefeitura

1. Desenho Arquitetônico

Na Arquitetura o desenho arquitetônico é a ferramenta de trabalho fundamental na vida do Arquiteto, o desenho é uma das formas que o profissional tem de se comunicar com o cliente.

Um projeto com uma planta de desenho arquitetônico equivocado, não representará com fidelidade a proposta de uma construção, o que ocasionará problemas tanto na aprovação na prefeitura, como na realização do projeto executivo e, principalmente, no momento da execução da obra.

Conhecer as técnicas de elaboração do desenho técnico é de quebra uma das maneiras de se aprender a forma correta de como criar desenhos de arquitetura. Desenvolver a planta baixa dos pavimentos, cortes transversal e longitudinal e ao menos uma representação da fachada principal é o mínimo que devemos desenvolver para preparar um bom Projeto de Prefeitura.

 

2. Cotas e Dimensões dos Ambientes

Nunca subestime o poder de uma cota, um projeto sem especificações de medidas é um projeto deficiente. Cote os ambientes internos do seu projeto em suas dimensões internas livres e evite problemas em qualquer esfera.

O técnico da prefeitura e o construtor da obra vai agradecê-lo por se preocupar com essa questão, ele notará que você está apto a preparar um bom Projeto de Prefeitura dando atenção a esse detalhe.

Além das cotas internas dos ambientes, deixar especificado em projeto as cotas externas também ajuda muito na visualização da implantação da edificação no lote. Indicar com a cota os recuos mínimos é mostrar em primeira impressão que o arquiteto conhece as leis do zoneamento onde o lote está inserido.

Indicar o pé direito é também uma das formas de preparar um bom Projeto de Prefeitura pois é de extrema importância anotar essa cota para que não haja os temíveis comunique-ses da prefeitura. Pé direito é fundamental.

E nunca se esqueça de especificar o ambiente de todos os cômodos, exemplo: dormitório, suíte, sala de estar, sala de jantar, etc. Parece bobo, mas sempre acontece o esquecimento.

Outra cota que não podemos deixar de indicar são as cotas de nível. Sempre que houver mudança de nível devemos indicar nas plantas e cortes.

3. Pontos de Hidráulica e Esgoto

Em um planta de projeto de prefeitura geralmente não é necessário especificar o layout de todos os pavimentos, exceto pelos ambientes onde existam pontos de hidráulica e esgoto. Geralmente não é necessário entregar um projeto completo de hidráulica à prefeitura, contudo indicar a localização da rede no projeto legal é de praxe para muitas prefeituras.

Cozinha, área de serviço, banheiros e lavabos são sempre os ambientes onde se representam as peças sanitárias em projeto.

Além da representação dos pontos hidráulicos, a representação técnica com indicação da passagem da rede de esgoto também é solicitada em algumas prefeituras. Indicar caixas de inspeção, caixa de gordura e fossa séptica quando não houver rede de esgoto no local é costumeiramente solicitado pela prefeitura.

4. Sinalizar limites do lote

Muitas vezes quando estamos desenvolvendo um projeto, não damos a devida atenção a pequenos detalhes que são importantes para o projeto.

Devemos sempre indicar na planta dos pavimentos o passeio público, ou seja, a calçada. Devemos também especificar a largura da mesma e se há na testada do lote (frente do terreno), alguma boca de lobo, poste ou árvore.

Se você mantém o projeto fiel a realidade do local, uma vez aprovado em prefeitura, ele será vistoriado e as informações endossadas pela prefeitura. No futuro havendo necessidade de alterar a localização de um poste para a instalação de um portão ou ainda solicitar a derrubada de árvore para entrada de automóveis, ficará fácil apresentar a concessionária ou até mesmo fazer uma requisição ao meio ambiente, com base em um argumento sólido que é a construção de uma nova edificação.

Outro item importante nessa questão é confrontar/compatibilizar sempre as dimensões reais do lote com o que consta no Registro da Matricula de Imóveis. A prefeitura vai levar em consideração o que estiver determinado no documento do imóvel e não em especulações de medidas por parte de quem quer se seja.

5. O Selo Prefeitura

Um fator indicativo que uma planta trata-se de uma planta ou projeto de prefeitura é o selo prefeitura. Para preparar um bom Projeto de Prefeitura deve-se conhecer bem os campos de modo que eles sejam preenchidos corretamente.

É no Selo Prefeitura que estão organizadas as informações de propriedade e localização da edificação, além de outras informações como a somatória das áreas a serem edificadas e um pequeno mapa de localização do lote no bairro, para uso do fiscal.

É também no selo que estão reservados uma área para a assinatura do proprietário do lote e do responsável técnico pelo projeto e obra, e logo abaixo em 1/3 do selo, fica o espaço em branco reservado para a anotações e registros da prefeitura como o carimbo do alvará, entre outras informações.

Dicas finais

Para preparar um bom Projeto de Prefeitura nunca devemos utilizar esta área para qualquer fim. Por isso o selo prefeitura mantém uma configuração e um tamanho padrão para que tudo saía sempre no mesmo formato. Respeite esse padrão e bons projetos!

Gostou do artigo e quer mais do que 5 dicas para preparar um bom Projeto de Prefeitura?

Conheça o meu curso de Projetos de Prefeitura. onde você aprenderá na prática  como aprovar projetos sem ter aquele stress do vai e vem dos comunique-ses da prefeitura.

Temos ainda o meu livro O pequeno Grande Guia de Aprovação de Projetos de Prefeitura, pra você ter sempre a mão no momento em que precisar.

foto da autora e do livro o pequeno grande guia de aprovação de projetos de prefeitura