Home > Mundo Arquitetura > 5 dicas de como diagramar uma prancha de arquitetura

5 dicas de como diagramar uma prancha de arquitetura

/
22 nov 2018
//
prancha de arquitetura

Na arquitetura, o profissional, além de ter ideias incríveis, precisa saber expressá-las. Uma das formas mais comuns de colocar essas ideias no papel é por meio da diagramação de pranchas. Porém, essa também é uma das maiores dificuldades. Por isso, nós separamos algumas dicas de como diagramar uma prancha de arquitetura. Confira!

+ Dicas para diagramar uma prancha de arquitetura

1. Planeje a diagramação

A diagramação da prancha consiste em dispor os elementos gráficos, ou seja, passar as ideias abstratas para o papel, organizando-as. É preciso que você consiga encontrar a melhor forma de expressar e transmitir seu projeto e atingir o público-alvo. Para isso, ela precisa ser clara, eficiente e caber no espaço disponível.

prancha de arquitetura

Imagem: pinterest.com.br

2. Defina o tamanho da prancha

Não há um tamanho padrão e, embora existam pranchas normatizadas (A1, A2, A3, etc.), ele pode variar. Após decidir o tamanho da prancha, você também precisa definir a orientação da página.

prancha de arquitetura

Imagem: marinaaraujo.arq.br

3. Defina a grade da diagramação

Ao definir a grade, você tem uma ideia do espaço que possui e do que pode colocar em cada parte. É importante escolher um layout que melhor representa o que você quer mostrar, com foco nos elementos principais. O que for principal pode, por exemplo, ocupar um espaço maior.

Às vezes, é preciso fazer uma representação em pequena escala para ver se a grade que você escolheu é a ideal e atende ao seu objetivo. Defina também as escalas dos desenhos e conecte as ideias. Não se esqueça de estabelecer as margens da prancha e das grades.

prancha de arquitetura

Imagem: dicasarqfabi.wordpress.com

4. Escolha bem o plano de fundo e o conjunto de cores

A não ser que o seu plano de fundo seja uma das imagens que você deseja mostrar, o ideal é que ele seja simples e não roube a atenção das informações principais. Outro ponto importante é saber escolher as cores que você usará: elas precisam ajudar na transmissão da ideia do seu projeto. De modo geral, é preciso que haja harmonia entre as imagens, as cores, o plano de fundo e as informações.

prancha de arquitetura

Imagem: comoprojetar.com.br

5. Siga o feeling

No fundo, você percebe quando tem algo que não está encaixando na sua prancha. Com o tempo, essa sensibilidade só melhora, já que você fica experiente e acaba desenvolvendo seu próprio método de elaboração da prancha de arquitetura.

Se sentir que algo está errado e não consegue identificar o que é, imagine que você está olhando o projeto como alguém de fora. Se, ainda assim, não conseguir, peça opinião de outras pessoas e pergunte o que elas conseguem interpretar. Assim, você saberá se sua mensagem foi transmitida com sucesso ou não.

prancha de arquitetura

Imagem: marcelosbarra.com