Home > Livros e E-books > 10 livros de arquitetura de leitura obrigatória

10 livros de arquitetura de leitura obrigatória

///
Comments are Off

Durante a faculdade, vários livros de arquitetura serão apresentados para você. Algumas leituras acabam se tornando obrigatórias aos futuros profissionais da arquitetura. No entanto, muitas delas podem ser lidas por quem tem desejo em seguir a profissão ou até mesmo já atuam nela.

Através da leitura é possível obter bastante conhecimento, mesmo para a arquitetura. A área está sempre se atualizando e trazendo novos conceitos, mas se basear em outras épocas também pode servir de inspiração, e isso pode ser encontrado nos livros.

Fora a expansão do conhecimento, a leitura também é uma forma de se aproximar de grandes nomes que formam a arquitetura no mundo, não apenas no Brasil, que também apresenta bons representantes.

Quem entrou na profissão por idealizar algum arquiteto renomado, conhecer seu projetos e obra através dos livros também é interessante, já que nem sempre dá para visitá-los pessoalmente, sobretudo quando são nomes famosos lá fora.

Os livros de Arquitetura mais desejados

Por conta disso, separamos nesse artigo uma lista com 10 títulos obrigatórios para quem gosta, estuda ou trabalha com arquitetura. As opções trazem nomes conhecidos e assuntos variados relacionados a área.

Lina Bo Bardi – Obra construída

O livro é da autora Olivia de Oliveira e traz, em um total de 256 páginas, tudo sobre a obra da arquiteta ítalo-brasileira.

Entre muitas obras projetadas por ela, a Casa de Vidro está no livro. Trata-se da residência em São Paulo que viveu com o marido, Pietro Maria Bardi, e hoje é um instituto que abriga um acervo pessoal do casal.

E não fica apenas nisso, Lina foi responsável por grandes obras no país, considerada uma das grandes referências na arquitetura. Com fotografia de Nelson Kon, o leitor vai se deparar também o Museu de Arte de São Paulo (MASP) e o Sesc Pompeia, ambos assinados por ela.

Neufert – Arte de projetar em arquitetura

De autoria de Ernst Neufret, o livro já está em sua 18ª edição na língua portuguesa e, vira e mexe, acaba atualizado.

A obra de Neufret é considerada, praticamente, uma bíblia para os arquitetos, é um dos livros de arquitetura mais importantes da área. Por isso o livro sempre é renovado.

Ele é um arquiteto alemão e, originalmente, o livro foi publicado em 1936 e traduzido para várias línguas. Em algumas instituições, o título é empregado nas aulas pela proposta que traz ao aluno.

Nas páginas, o leitor é apresentado a uma noção mais ampla de dimensionamentos e técnicas para a construção, que vão desde a fundação até o telhado, de modo bastante detalhado.

Iluminação no design de interiores

Esse livro traz mais de 300 ilustrações em suas páginas, além de um texto bastante direto e claro da autora Innes Malcolm.

Nele há uma abordagem rica em detalhes e também bem prática em relação a iluminação no design de interiores.

Para os estudantes, por exemplo, acaba entregando um bom conhecimento e informações cruciais para terem sucesso em seus projetos futuros. Aos já formados, pode servir da mesma maneira ou com inspiração.

Urbanismo ecológico

O título foi escrito por dois autores, Mohsen Mastafavi e Gareth Doherty, onde aborda o urbanismo pelo olhar ecológico.

A obra trata o assunto como um modo prático e ao mesmo tempo criativo para enfrentar a realidade de um espaço, sobretudo as cidades. Deste modo, consegue constituir uma consolidação em definitivo do que é o urbanismo ecológico.

Além disso, ainda compila uma série de textos considerados chaves para abordar a matéria.

Tudo sobre a casa

Diferente dos outros livros de arquiteura, aqui há uma narração feita por Anatxu Zabalbeascoa. O livro determina, em uma crônica, toda a evolução de uma casa e seus hábitos, misturando arquitetura, vida privada e tecnologia.

A história aborda seis espaços distintos que são cômodos de uma casa – cozinha, dormitório, sala, banheiro, jardim e sala de jantar – de modo a mostrar a evolução do cotidiano humano.

Entre as páginas são abordados muitos estilos da arquitetura, dos clássicos aos modernos, alguns até mesmo os jardins suspensos da Babilônia estão no pacote.

Paulo Mendes da Rocha – Obra completa

Um dos livros de arquitetura de uma outra obra biográfica considerada a mais completa sobre o arquiteto brasileiro, de autoria de Daniele Pisani.

O livro segue uma ordem cronológica e vai apresentando os projetos do arquiteto, enquanto mescla outros temas na narração. Com isso, o leitor vai se deparar com os anos de formação acadêmica; o primeiro contato profissional com a arquitetura; a relação de seu estilo com a escola paulista e muitos outros assuntos.

Também é relatada a produção mais recente de Paulo Mendes, o que ocorre antes e depois do Prêmio Pritzker que ele recebeu em 2006.

Urban Sketching – Guia completo de técnicas de desenho urbano

Escrito por Thomas Thorspecken, o livro trata de assuntos diversos, mas se baseia no princípio do desenho e leva o leito até questões bastante especificas da crônica urbana.

Assim, ele faz análise de técnicas e os recursos de expressão usados por vários ilustradores, artistas gráficos e desenhistas.

Fora isso, o autor ainda apresenta uma grande gama de macetes e conselhos para que o leitor consiga se aproximar do universo gerado pelo desenho urbano.

Ruy Ohtake

De autoria coletiva – Paul Clemence, Júlio Katinsky, Terence Riley e Bianca Antunes – o livro aborda 13 projetos do arquiteto Ruy Ohtake, com foco em seus trabalhos em espaços públicos.

Neste caso, o leitor vai se deparar com os projetos do Parque Ecológico do Tietê e de Indaiatuba, além de alguns outros. O destaque está no projeto realizado em Heliópolis, onde o arquiteto projetou uma biblioteca, polo cultural e educativo, e até mesmo alguns edifícios residenciais.

Oscar Niemeyer – Buildings

O principal arquiteto brasileiro tem sua obra retratada por Alan Hess e Alan Weintraub.

Niemeyer é o nome com maior número de livros editados, não só no Brasil, mas no mundo a fora, tanto que essa obra não é nacional e já deu para ver pelo “buildings” em seu título.

O livro foca, sobretudo, nos edifícios que ajudaram a difundir sua estética no mundo, com uma pequena amostra dos trabalhos do arquiteto.

Ando – Complete Works

 

De autoria de Philip Jodidio relata sobre a arquitetura de Tadao Ando, que eram consideradas monolíticas e com profundo respeito ao meio ambiente.

Ando mostrava ter um olhar preciso e muito cuidadoso para tratar a luz natural, o que é abordado neste livro e muito mais sobre suas obras arquitetônicas.

Agora me conta nos comentários, quantos desses livros você já leu?