Home > Eventos > Casa Cor SP 2018: Lago Negro é destaque brasileiro!

Casa Cor SP 2018: Lago Negro é destaque brasileiro!

/
29 maio 2018
//

Quem visitar a Casa Cor São Paulo 2018  viverá uma nova experiência já ao adentrar o espaço. O visitante se deparará nada mais, nada menos com uma bela e verdadeira mata!

A beleza do Lago Negro

Stories Casa Cor SP 2018 – Lago Negro

O nosso Lago Negro no lounge de entrada da Casa Cor SP, parte do ambiente "Brasil de Origem", da KalilFerre Paisagismo e do arquiteto Edson Lorenzo, tem feito sucesso nas redes sociais, confira os principais Stories que rolaram no Instagram nos primeiros dias da mostra.

Posted by Natural Lagos on Friday, May 25, 2018

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Novidades 2018

Antes mesmo de percorrer os incríveis 81 ambientes, distribuídos em 19 unidades residenciais completas, o visitante será surpreendido com uma linda novidade, um lago de característica amazônica, com peixes e plantas nativas do Brasil.

Inovação e originalidade

Como o intuito de impressionar aos milhares de visitantes a mostra de arquitetura mais famosa do Brasil, a casa Cor São Paulo, está impressionando a todos já na recepção em seu lounge de entrada.

De ambiente aberto e ar aconchegante o projeto assinado pelo arquiteto Edson Lorenzo, dispensou as paredes laterais na criação do paisagismo amazônico de KalilFerre, o incrível lago artificial planejado e construído pela empresa Natural Lagos, empresa especializada em projetos dessa natureza atua há mais de 10 anos em todo o Brasil.

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Design e Paisagismo

A repercussão do projeto “Brasil de Origem” nome dado ao espaço da KFP,  que integra o lounge está causando grande agitação nas redes sociais, não somente pelo design e o belíssimo paisagismo que estarrece quem o contempla mas também pela tendência do lago natural com tons negros, que junto com os elementos: água, materiais naturais, plantas e peixes, acertam em cheio a proposta do tema da mostra desse ano.

 

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Segundo a diretora da marca, Lívia Pedreira, A Casa Viva, tem a ideia de trazer novamente a ideia da casa como um refúgio físico, desde o mental e espiritual, um local de celebração, de sentir e viver os laços de afeto familiar e com amigos.

O projeto

Junior Figueiredo, da Natural Lagos, enfatiza as inspirações desse projeto exclusivo:

“Quando soubemos do tema e da proposta do Edson Lorenzo, da Elaine Kalil e do Mauricio Ferre, para o ambiente que abre a mostra, tivemos a certeza de que o substrato negro no fundo do lago seria um dos principais destaques.

Cuidamos de cada detalhe, para que, além de harmonizar com a escala de cores utilizadas pela arquitetura e pelo paisagismo, o lago também fosse referência clara de um ambiente natural brasileiro, característico das nossas matas, inclusive utilizando nele apenas plantas e peixes nativos do Brasil”.

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Criado especialmente para a Casa Cor 2018, o projeto diferentemente da maioria dos lagos ornamentais já vistos, possui peixes nacionais como o Pirarucu, Aruanã, Apaiars, cardumes de Lambaris e Mato Grossos, Arraia e não mais as espécies mais populares como as carpas nishikigois  que são naturalmente encontradas na Asia.

 

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Sobre as espécies:

“Os peixes não foram escolhidos ao acaso, porque além de terem suas raízes na bacia amazônica, eles tem propósitos específicos – diz Junior.

A Aruanã é mais ativa e exibida, apresentamos a variedade preteada para mostrar contraste no lago (que tem o fundo preto), o seu nado é parecido com o de uma serpente que vaga tranquila pela selva escura sem nenhum tipo de preocupação, enquanto o Pirarucu já é mais desconfiado, com nado preciso e reto, de cor mais escura, se torna um movimento discreto, mas de peso na água.

A arraia é da espécie Motoro (Potamotrygon Motoro), com 35 centímetros de diâmetro, nada sutilmente pelo fundo do lago, se tornando o grande centro das atenções das mais de 60 mil pessoas que passam pela mostra.

 

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Os Apaiaris, ciclídeos também conhecidos como “Oscars”,  estão presentes no projeto e são famosos no mundo todo, sendo originários também do Brasil.

Os cardumes, de Lambari e Mato-Grosso, representam perfeitamente a imensa variedade de peixes da bacia amazônica, dão movimento ao lago, fazendo com que o cenário se transforme a cada segundo
para quem observa”.

O lago e seus números

Junior lembra que o nível de densidade populacional do lago é bem abaixo do que o encontrado na natureza, o que garante espaço de sobra para evitar territorialismos, além do mais, todos os peixes do lago são dóceis, já acostumados com a presença humana e alimentados diariamente com rações balanceadas, específicas para cada um deles.

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

Junior também é biólogo, e ressalta que para a Natural Lagos é essencial cuidar para que os animais tenham total bem estar no lago:

Manutenção e cuidados especiais

“Os equipamentos que utilizamos, além de manter a água cristalina, controlam a proliferação de algas, nivelam o índice de oxigênio e principalmente mantem a água na temperatura ideal para os peixes que estão nele”, explica.

Também são realizados testes de pH da água, fator importante que garante o bem estar dos nossos amigos do lago.

A compatibilidade entre os seres é um ponto importante do projeto, peixes, plantas, materiais e água devem ser inofensivos uns aos outros, garantindo o perfeito equilíbrio do sistema biológico.

Quanto às plantas, a Natural Lagos se atentou em harmonizar com o monocromático verde, do paisagismo que envolve o lago, foram utilizadas três espécies de plantas aquáticas, Hydrocotyle Leucocephala, Sagittaria Subulata e destaque para as Niféias (Nymphaea), que podem desabrochar flores brancas durante a amostra – será que você será o sortudo de presenciar esse show da natureza na Casa Cor SP deste ano?

Junior, explica:

“No projeto executivo, onde desenhamos o formato final do lago, buscamos inspiração nas curvas dos rios que formam a bacia hidrográfica brasileira. Criamos um caminho orgânico para a água, desde a cascata natural, de onde ela nasce, até chegar na corredeira de pedras, onde ela volta para o filtro e fecha o ciclo. Tudo é extremamente calculado para que forneça o aspecto visual que desejamos, conforto aos peixes e eficiência na filtragem”.

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

O lago e sua construção:

Foram utilizadas mais de 15 toneladas de pedras, colocadas uma a uma por um caminhão guindaste, e um sistema de filtragem, com diversos equipamentos de alta tecnologia, que mantém o controle dos mais de 12 mil litros de água do lago.

Para a construção foram 5 dias, entre escavação, proteções do solo, sistema de circulação, filtragem, iluminação, e então a ativação. Os peixes e plantas foram colocados alguns dias depois, para que a biologia e parâmetros de água estivessem ideais para eles e para que as construções ao entorno não oferecessem risco ao sistema.

Além de esteticamente natural, o lago não gera resíduos, e poderá ser reconstruído em outro lugar, com a reutilização de 100% dos materiais nele. Também, como todos os lagos da empresa, utiliza sempre a mesma água e com os equipamentos de ponta, da Natural Lagos, fornece economia de energia comparado a sistemas comuns de circulação de água.

Fica difícil não se apaixonar por esse lago temático que acabamos de conhecer e já é um dos nossos favoritos.

 

Fonte: “Divulgação Natural Lagos”.

 

O evento Casa Cor São Paulo já está começou e ainda dá tempo de fazer a sua visita que vai até 29 de julho de 2018, corra e não perca a oportunidade única de apreciar uma verdadeira obra de arte paisagística mas atenção aos dias e horário de funcionamento:

Terça a sábado, das 12h às 21h | Domingo, das 12h às 20h
Local: Avenida Lineu de Paula Machado, n° 875 – Cidade Jardim-SP.

Se você quiser saber mais sobre a Natural Lagos, você pode entrar em contato através:

-> Site: www.naturallagos.com.br

-> e-mail: [email protected]

-> Instagram @naturallagos

-> Facebook:  fb.com/naturallagos.

->Tel: +55 16 3331 5228 / +55 16 9 9616 5997

 

Esse post foi escrito pela Natural Lagos, referencia em criação de Projetos de Lagos Ornamentais.