Home > Realidade Aumentada > O uso do Foto Realismo e da Realidade Aumentada para jóias

O uso do Foto Realismo e da Realidade Aumentada para jóias

pingente-02 maria

 

Processo de criação das joias em Realidade Aumentada até o produto final.


O mercado de joias hoje, pode contar com uma forte aliada: A tecnologia de ponta.

As vantagens do uso do 3D e de renderizações foto realistas e da realidade aumentada (RA) são descritas a seguir:

1-) O foto realismo alcançado nas peças.
A maioria das joias possuem acabamentos metálicos como o ouro, prata e também pedras preciosas onde cada elemento possui sua característica referente a cor, reflexo, refração, opacidade, texturas:elementos estes que produzem o aspecto único da joia.
A única maneira que temos para apreciar todas as nuances que uma jóia adquire com a luz é observando a mesma fisicamente, ou através de filmagens ou fotos.

Em 3D, uma vez que a peça esta modelada podemos, com o uso da renderização captar e mostrar toda a realidade com foto realismo.Renderização é o processo final de cálculos matemáticos onde o programa sintetiza as informações inseridas na peça como o material, e o seu entorno, como a luz. Estas são as duas informações básicas para que o renderizador execute os cálculos e traga para a tela, a peça com qualidade foto real.
Além disso, podemos criar animações ultra realistas, mostrando o comportamento da luz que bate na jóia no decorrer da mesma. Esta sensação é extremamente interessante para a observação do comportamento da peça.

2-) Produção de vários acabamentos de uma única peça.
Outra grande vantagem do uso do 3D e da renderização foto realista para jóias é a capacidade rápida de obter vários acabamentos de materiais na mesma peça. Uma peça pode ter acabamento ouro, prata, cromo, madeira, resina e as pedras podem ser do diamante, rubi, pérola, água-marinha, enfim, qualquer acabamento que o designer necessita. Isto é muito útil para criar catálogos online e impressos e anuários sem a necessidade de criar as peças uma a uma e de um fotógrafo.

3-) A facilidade de observar detalhes da jóia.

Outra vantagem para o 3D e a renderização foto realista é chegar em lugares da peça onde uma máquina comum de foto não chegaria, revelando detalhes importantes da jóia e ser fator determinante para a venda. A exploração livre de vistas e ângulos valorizam a peça e cria valor.

4-) Não há necessidade da peça estar realmente no local.

Jóias remetem ao luxo, que remete a valor, que remete ao dinheiro. O uso do 3D para mostrar-las ao invés de observá-las fisicamente, anula os prejuízos causados por roubos, sem perder a potencialidade de venda da mesma.Soma-se isso a segurança pessoal e ao stress causados a funcionários e clientes, fora a despesa com segurança.

5-) O uso virtual da peça no corpo.
Por fim, outra grande tecnologia que complementa a visualização foto realista das jóias, é o seu uso em conjunto da realidade aumentada (RA). Ela executa um render diferenciado do foto realismo, porém complementa a experiência do usuário possibilitando o uso da peça, de forma virtual, como se estivesse de frente a um espelho. Possibilita uma interatividade orgânica com o elemento, criando assim um vínculo maior e acabando com atalhos de dúvidas entre o consumidor e o produto, gerando assim, um grande meio potencial de venda.

Mais imagens do projeto abaixo:

interface-tela-001d interface-tela-001c stand final

jooia360 picadeiro anel-04-swf

 

brinco2 ma1  ma01 pingente-02 maria

Gostaria de saber mais sobre o projeto e também como criar estas e outras experiência com o uso da realidade Aumentada?

Clique aqui e conheça o nosso curso!

Abraços!

Dan kroll

Você também pode gostar de
Cursos Livres de Arquitetura
Cursos livres de Arquitetura, Engenharia e Design de Interiores
Guia dos melhores programas e ferramentas para os Arquitetos e Designers de Interiores.
Por que usar a Realidade Aumentada e Game Engines em seus trabalhos de Arquitetura e Stands em 3D $$$?
Personagens colecionáveis em Realidade Aumentada

Deixe um Comentário