Home > Design de Produto e Maquete eletrônica > Como deve se portar um profissional de 3D

terracoweb

Resolvi escrever este artigo para clarear um pouco mais os tipos de serviços que são executados por nós, e por que alguns serviços de imagens em 3D custam mais e outros menos.

Existem dois fatores básicos, no que se refere a VALOR de um serviço 3D:

A-) O tipo de serviço;

B-) A finalidade do serviço.

Um exemplo: Em 2008, eu fiz uma série de três 3ds, para uma casa que estava em reforma, e o dono dela ganhou duas páginas em uma revista de venda de imóveis. Mas como estava em reforma, não poderia fazer fotos do lugar cheio de baldes de tinta…

Por isso, o cliente enviou a planta, algumas ideias do estilo que queria e com isso modelei as cenas. Neste caso, o 3D era muito IMPORTANTE, pois estaria potencializando a VENDA do imóvel dele:

terracoweb

saladejantarweb

cozinhaweb

Outro caso parecido é quando modelamos produtos. Normalmente uma série de produtos renderizados, servirão para diversos fins: Material impresso e web.

coffe table red sidebar01b

E pela quantidade, vale MUITO mais a pena fazer o serviço em 3D do que arrumar as peças, contratar o fotógrafo, e cobrar por foto.

Mais um caso é ambientes internos: Uma empresa que produz mobiliário, SABE que hoje, ao invés de contratar pedreiro, espaço, montagem, iluminação, fotógrafo,etc, pode pegar um bom profissional em 3D e fazer isso, em sua casa.

Conheço pessoas que tiram até R$6.000,00 Reais num render deste, e o cliente saiu no lucro, e muito satisfeito. Nestes casos, pode-se cobrar o justo pelo seu trabalho, pois a pessoa REALMENTE VÊ O CUSTO E BENEFÍCIO para tal finalidade.

Veja o problema reverso: Muitas pessoas trabalham com 3D juntamente com arquitetos onde a maior finalidade do 3D é apresentar uma ideia volumétrica de um espaço interno ou externo. Mas ele para por ai.

O 3D no máximo potencializará o entendimento do cliente.. e pronto. Infelizmente é mais um “agrado” do que algo obrigatório. Já pensou se um bom 3D fosse necessário para aprovação na prefeitura juntamente com a planta!?

Ia ser lindo, não? Mas ai mora o perigo. Por que um bom profissional, não faz um serviço meia boca dependendo da finalidade do mesmo. Ele fazos serviços sempre com qualidade. Só que acostumou a fazer bem e ser mal pago, por falta de experiência de Marketing de serviços.

Isso é culpa nossa. Muitas pessoas trabalham com 3D juntamente com arquitetos onde a maior finalidade do 3D é apresentar uma ideia volumétrica de um espaço interno ou externo.

Mas ele para por ai. O 3D no máximo potencializará o entendimento do cliente.. e pronto. Infelizmente é mais um “agrado” do que algo obrigatório.

Mas por medo de não pegar clientela ou perder o serviço, abaixa as “calças” e submete-se a fazer 3ds a R$70 Reais. Teve uma pessoa que pediu 4 renders pra ontem por R$70,00.

Eu jamais faria, mas quantos que, mal usam qualquer programa 3D e tem seus 16 anos, faria? Isso acontece com toda a classe de designers. Arquitetos que cobram o m2 a preço de banana, ao invés de potencializar outras qualidades suas, para valorizar seu serviços, pedem para estes clientes 3ds de quinta categoria. E sempre tem que faz.

Não seria melhor, o arquiteto embutir no m2 o valor de um bom 3d, e dizer ao cliente que ele vai ganhar uma fachada fotorealista da sua residência? Sim isso funciona e diariamente aqui onde trabalho!

Um outro problema são as grandes empresas que contratam um monte de estagiários, pagam uma ninharia, pegam toneladas de serviços e cobram uma ninharia por um bom 3D.

Ok, você como cliente pode se lixar com quem fez, mas se tiver um pouco de bom senso, sabe que isso, assim como outros prestadores de serviços, é abuso. na verdade o dono usa o 3d como um mero produto, o que ele quer é ficar rico a custa dos funcionários.

Os profissionais como designers, arquitetos, e prestadores de serviços em geral, precisam estudar mais MARKETING DE SERVIÇOS, ainda mais de são profissionais autônomos.

Sabiam que o valor esta apenas em NONO lugar sobre o que um cliente quer sobre um serviço? Se todo mundo VALORIZASSE seus esforços de estudo e soubesse comunicar como é trabalhoso e artístico uma criação 3D, os valores a os processos deste tipo de serviço iria melhorar e muito.

Dou aqui algumas dicas preciosas de como um profissional autônomo PRECISA melhorar sobre outros aspectos, principalmente no que se diz respeito a comunicação e conhecimento:

http://www.consultoriadomestica.com.br/cgi-bin/curso/m01/a01/acrobat/m01a01t02_como_vender_intangivel.pdf

Por fim, como diz Harry Beckwith, um dos melhores profissionais de venda de serviço do mundo: “Cliente que vem pelo preço, vai embora pelo preço.”

Esta mais do que na hora de nós, profissionais 3D valorizar nossos trabalhos, por que modelar, texturizar,iluminar, renderizar requer muito estudo e dedicação.

Daniel K.

Ps. Gostou das imagens? Gostaria de aprender a fazer imagens como esta sem dor de cabeça? Conheça nosso curso em DVD: Clique na imagem abaixo e você saberá mais sobre o curso:

 

3dsmax-com-vray-arte

Você também pode gostar de
Cursos Livres de Arquitetura
Cursos livres de Arquitetura, Engenharia e Design de Interiores
projetos-arquitetonicos-em-3d
Passeios virtuais de projetos arquitetônicos em 3D
10-etapas-de-uma-obra
Conheça as 10 Etapas de uma Obra
Como Calcular Consumo de Pisos e Azulejos

Deixe um Comentário