Home > Carreira Profissional > Os programas para arquitetos mais exigidos pelos escritórios

Os programas para arquitetos mais exigidos pelos escritórios

///
Comments are Off

Não é segredo para ninguém que conhecer os programas para arquitetos corretamente vai ajudar a desenvolver seus projetos de arquitetura de maneira mais rápida e eficaz.

É sabido também que o mercado sofre mudanças constantemente e que o número dos novos profissionais que chegam no mercado ano a ano só faz aumentar a concorrência entre candidatos a uma colocação profissional.

Com tanta tecnologia e demanda disponível, os escritórios de arquitetura têm buscado por candidatos com especialidades em assuntos que antes não eram se quer abordados.

Os arquitetos estão em busca de candidatos mais preparados para ocupar cargos muitas vezes de baixo nível até mesmo para estagiar.

Programas para arquitetos – quais são os mais exigidos?

Uma pesquisa recente apontou as principais qualificações que um candidato deve possuir para pleitear uma vaga em um escritório de arquitetura e que programas para arquitetos eles devem conhecer:

  • Mais de 30% dos escritórios exigem conhecimento em Revit;
  • 80% ainda exigem AutoCAD;
  • SketchUp ainda é um programa muito utilizado para 3D;
  • Apenas 3% ou 4% exigem desenho à mão livre.

De fato, esses programas para arquitetos não são novidade no mercado e quem quer trabalhar na área deve ter domínio sobre eles.

Experiência = Maiores chances de emprego

Quanto maior a experiência nesses programas, mais fácil pode ser tornar a sua saga para arrumar um emprego num escritório de arquitetura. Um bom portfólio rico em trabalhos pode ajudar em muito no momento da entrevista.

Além desses 3 programas básicos alguns outros ainda estão na lista dos programas utilizados pelos escritórios de arquitetura, principalmente os de renderização de imagem como o Vray que anda de mãos dadas com o SketchUP.

E também há os que  procuram por candidatos que saibam manipular algum programa de imagens como o photoshop, sem falar na necessidade da humanização de projetos e até de animar ambientes.

Todo dia surgem novidades no mercado e só cresce profissionalmente aquele que é curioso, quer e está disposto a se qualificar.

A velocidade com que as novas demandas estão acontecendo no mundo moderno mostram que a cada dia que passa o mercado precisa de profissionais especialistas em assuntos poucos conhecidos.

Instalações Sustentáveis

A preocupação com questões antes nunca pensadas geram nichos de oportunidades e quem estiver antenado pode conseguir diferenciação em meio aos demais candidatos e a questão da sustentabilidade é um desses pontos.

O profissional qualificado é aquele que além de dominar programas técnicos referentes a sua profissão, apresenta conhecimentos que vão além do que é encontrado no mercado, demonstrando inteligência estratégica.

Buscar especializar-se em Arquitetura Verde é um nicho promissor que muitos estão deixando passar a oportunidade.

Além dos números mostrados na pesquisa acima, 10% a 25% dos escritórios procuram também arquitetos qualificados na produção de projetos sustentáveis.

O que você sabe sobre esse assunto?

Busque se informar e pesquise por escritórios de arquitetura que trabalham com esses conceitos antes de procurar por um estágio e se especializar no assunto.

Isso pode fazer toda a diferença!

A seguir, vou passar para vocês um conteúdo explicando e ilustrando os principais programas. Sem dúvida alguma, se você possuir o conhecimento de pelo menos 3 ou 4 destes programas, você estará mais de 90% na frente do que seus colegas da Faculdade ou dos profissionais de Arquitetura do mercado atual.

Vamos lá:

1-) AutoCAD 2D,3D e Projetos de Prefeituras

1

Exemplo de Planta para aprovação de prefeitura. Arquiteta Luciana Paixão.

 

Criado para desenvolver projetos na área de engenharia industrial e na elaboração de peças mecânicas, logo foi adotado pelos profissionais da construção civil pela facilidade de uso na representação de desenhos arquitetônicos tornando-se facilmente a prancheta eletrônica para os arquitetos e engenheiros no referente a representação gráfica.

Geralmente é o primeiro ou segundo programa de porta de entrada dos iniciantes na nossa área. Foi por muito tempo na Arquitetura (e mesmo os que são contra, ainda o é) o programa mais utilizado nos escritórios de arquitetura e engenharia,  isso não o torna pior ou melhor que outros novos programas que vieram após ele.

Por ser o mais antigo é o mais conhecido, mais difundido e por tanto o mais utilizado na área, apesar do cenário estar mudando nos últimos anos. Alguns outros programas executam o trabalho de representação do Autocad e outros vão além da mera representação, como o Revit Arquitetura, por exemplo.

O AutoCAD por sua facilidade de uso e qualidade de representação principalmente na finalização de desenhos, é ainda muito utilizado nos escritórios como um programa de apoio. Muitos profissionais já estão migrando dos sistemas CAD para sistemas BIM.

Porém por falta de uso, costume, preferências, e ainda falta de domínio nos programas BIM, sempre o tem como um programa coringa, que serve para finalizar os desenhos ou ainda para criar desenhos de pura representação gráfica que não necessitam de um programa mais avançado ou que pedem um pouco mais de rapidez e ou praticidade na sua elaboração.

Você sabia que no site da AUTODESK, os usuários podem baixar a última versão completa do programa durante 3 anos? Saiba mais aqui

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com o AUTOCAD E PROJETOS DE PREFEITURA, clique abaixo:

 

2-) Autodesk REVIT e o sistema BIM

1

Projeto em REVIT. Neste caso, a parte de Renderização do REVIT. Arquiteta Luciana Paixão.

 

Irmão do AutoCAD, com um grau de QI mais elevado, é conhecido por ser mais “inteligente” que o AutoCAD e todos os demais programas de pura representação gráfica.

O Revit assim como outros programas paramétricos reinará nos escritórios de Arquitetura sempre tendo o AutoCAD como um programa de “apoio” Backup, pelo menos por alguns anos ainda.

Devido a sua precisão na elaboração de desenhos o Revit, com seu sistema BIM, conquista mais e mais os profissionais. O projeto antes desenvolvido como mera representação gráfica agora assume proporções práticas e precisas.

Antes uma representação, agora um protótipo dentro do seu computador! A possibilidade de se reunir as disciplinas em um único programa faz com que os erros passam a ser totalmente previsíveis e gastos desnecessários e desperdícios em todas as etapas do projeto passam a ser totalmente poupados.

De interface muito parecida com o AutoCAD, já que os dois foram desenvolvidos pelo mesmo fabricante, A Autodesk, o tempo e nível de estudo se comparado ao AutoCAD é relativamente maior.

É necessário maior conhecimento de desenho e ainda de técnicas construtivas, o principal desafio de se desenhar em Revit não é apenas desenhar, e sim desenhar corretamente, pois um quantitativo de material é gerado no final do projeto e quanto mais fiel do real estiver o seu protótipo, mais preciso será a planilha de quantitativo de material, sem contar na economia e na capacidade de se prever todas as etapas do projeto com precisão.

Sem duvidas que o profissional que dominar essas ferramentas terá maior espaço no mercado do trabalho. A mudança já vem acontecendo em outros países da América do Norte e Europa há alguns anos e o Brasil está entrando nessa nova onda com toda a sua força e vontade!

Você sabia que no site da AUTODESK, os usuários podem baixar a última versão completa do programa durante 3 anos? Saiba mais aqui

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com o REVIT clique aqui.

 

3-) SketchUp com o renderizador V-RAY

Imagem dos alunos de nosso curso

 

A grande porta de entrada para muitos iniciantes na modelagem 3D começa ou começou pelo SketchUP.

O SketchUp foi originalmente desenvolvido pela At Last Software (@last software), uma empresa estadunidense com sede em Boulder, Colorado, a qual foi adquirida pela Google, como anunciado a 14 de Março de 2006. Em 2012 Trimble Navigation adquiriu o programa.

O SketchUp está disponível em duas versões: a versão profissional, Pro, e a versão gratuita, Make, (para uso privado, não comercial).

De fácil aprendizado e utilização, podemos criar elementos volumétricos em 3D, e aplicar texturas, luz e sombras. Mas foi com o lançamento do Renderizador V-RAY é que o SketchUP ganhou um novo patamar.

O V-RAY é um plugin, ou seja, um programa que é instalado dentro de outro programa, que executa renderizações fotorrealistas, ou seja, cria imagens em 3D com qualidade fotográfica. O V-Ray é desenvolvido pela Chaos Group, sendo o núcleo de desenvolvimento formado por Vladimir Koylazov e Peter Mitev .

Este software de renderização é dedicado a software proprietários de modelagem como o 3D Studio Max, Google SketchUp, Maya (software), Rhinoceros 3D e Cinema 4D . O software é o mais utilizado para obtenção de perspectivas em fotorrealismo, pois apresenta técnicas avançadas de iluminação global e de mapeamento. O V-Ray é utilizado no desenvolvimento de produções cinematográficas e de jogos de grandes companhias.

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com ambos os programas, clique aqui.

 

4-) 3DsMax com o renderizador V-RAY

render-externo-max-e-vray-dan-kroll

 

banheiro-parede-inox

Imagens criadas por Daniel kroll

O 3DsMAX é um programa oriundo lá dos tempos do MS DOS. Hoje é um dos melhores e mais completos programas para a criação de 3Ds diversos, mas largamente usado para Arquitetura e Design de produto. Dada a sua robustez e popularidade, é considerado por muitos, o melhor programa para criações de imagens de Arquitetura 3D fotorrealista. Aliás, foi com ele que o V-RAY inaugurou o seu sistema.

Uma outra vantagem do 3DSMAX são os vários plugins que rodam suavemente nele para diversas finalidades como criação de vegetações densas usando o FOREST PACK um organizador e criador de materiais V-RAY bem gostoso de trabalhar como o SIGERSHDERS  entre tantos outros plugins para facilitar a rapidez e a criação das volumetrias arquitetônicas.

Você sabia que no site da AUTODESK, os usuários podem baixar a última versão completa do programa durante 3 anos? Saiba mais aqui

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com ambos os programas, clique aqui.

 

5-) Lumion 3D


  Passeio em vídeo criado com o Lumion

 

O LUMION 3D é um programa relativamente novo, criado para solucionar um dos maiores problemas dos programas como 3DSMAX e SKETCHUP: A criação rápida de vídeos, com uma biblioteca completa é uma mão na roda para ser utilizada em suas cenas e criar apresentações surpreendentes.

No LUMION 3D, você não modela. Você trás a sua modelagem, normalmente em .fbx de vários programas como o REVIT, o CAD 3D, 3DSMAX e SKETCHUP, e nele, você começa a texturizar, iluminar, inserir todos os móveis, internos, externos, vegetação, carros, pessoas etc, e no final gera as imagens de exemplo acima, ou até vídeo, com um tempo de criação muito menor do que os outros programas.

A desvantagem seria que o LUMION 3D, apesar da qualidade das imagens, não cria um render tão fotorrealista como se cria usando os outros programas. Apesar de que nas novas versões, como a 7 ou a 8, isso melhorou demais.

Outra desvantagem é que apesar do grande número de blocos 3d em sua biblioteca fica difícil importar outros blocos para ele.

Você pode abaixar uma versão FREE do programa para testes aqui.

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com O Lumion, clique aqui

6-) PROMOB

promob-varios

 

O PROMOB é um programa usado especificamente para quem trabalha com criação de móveis planejados. Ele, juntamente com o CORTE CERTO, proporciona para o Designer de Interiores ou os Marceneiros a criação e a observação em 3D de como aquela sala, aquele quarto ou cozinha planejada irá ficar. Além disso, o programa auxilia com informações precisas da quantidade e do tamanho  das placas de madeira que deverão ser usadas em cada projeto.

Ele possui também alguns blocos 3D e materiais pré setados que auxiliarão a criação da volumetria 3D final com mais rapidez.

A sua desvantagem é que ele não entrega uma imagem fotorrealista, mas entrega sem problemas a volumetria em 3D ou seja, se o seu cliente não for exigente, o uso do PROMOB faz-se com tranquilidade.

Apesar que, O PROMOB exporta seus módulos em .DXF e com este arquivo, podemos importar para o SKETCHUP e usar o V-RAY para atingir um nível com maior fotorrealismo.

As imagens acima são PROMOB mais, existe uma PÓS PRODUÇÃO 3D EM PHOTOSHOP. Por isso que as imagens estão mais bonitas e reais. Falaremos mais sobre Pós Produção abaixo.

O programa poderá ser adquirido neste link: http://www.promob.com/pt

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com o PROMOB, clique aqui

 

7-) Ar-Media (Realidade Aumentada)

rafinal

stand-RAok

O “creme de lá creme” para todos os arquitetos. Imagine a cena: Você modela em 3D a sua ideia, a sua volumetria, você texturiza, ilumina e tudo mais. E ai, ao invés dela ser representada em uma figura, numa foto, você pudesse colocar ela em 3D ali, em cima da mesa do seu cliente ou do seu professor?

É isso mesmo que você entendeu! Com a tecnologia de Realidade Aumentada aplicada a arquitetura, podemos ter uma maquete física em nossa frente e com isso, observar todos os ângulos e comportamentos em tempo real do seu estudo, pois você pode manusear esta volumetria como se ela fosse fisicamente feita.

O nome do Plugin é ARMEDIA e a empresa responsável por este Plugin é a da Itália é a INGLOBETECNOLOGIES possui o plugin de realidade Aumentada para 3DSMAX SKETCHUP  e CINEMA 4D

Existe um vídeo muito bacana mostrando melhor o funcionamento da realidade aumentada, vale a pena ver aqui:

Para saber mais sobre como aprender a trabalhar com o REALIDADE AUMENTADA, clique aqui

 

Outros cursos como: Plantas Humanizadas, Stands e Arquitetura Promocional

As Plantas Humanizadas são desenhos com o formato planta baixa (visto de cima) que são extremamente úteis  para o melhor entendimento espacial de todo um empreendimento, seja ela grande ou pequeno.

Normalmente usa-se programas como o COREL DRAW ou o PHOTOSHOP  para a criação destas artes. Estas artes complementam as imagens em 3D.

Clique aqui para saber mais informações sobre como criar plantas humanizadas.

humanizada

 

Com relação a Arquitetura promocional, a criação e execução de projetos de STANDS também é possível encontrar cursos focados nesta área.

Muitos Arquitetos juntamente com designers e paisagistas se unem com o propósito de criar um STAND para uma empresa o qual deve ser extremamente bonito e funcional.

O Brasil tem um mercado gigante e crescente de feiras e eventos onde os Stands são sempre uma atrações a parte.

Clique aqui para saber mais informações sobre como criar Stands e Arquitetura promocional.

Anolight_0000

 

Gostou? Acredito que você agora estará bem seguro com o que precisa conhecer e aprender durante seus estudos na faculdade de Arquitetura.

Com qual curso devo começar?

A ordem sugerida e mais comum é a seguinte:

1-) AutoCAD

2-) SketchUP

3-) V-Ray

4-) Lumion 3D

5-) REVIT

Os outros cursos são complementos.

Espero que este post tenha esclarecido as dúvidas de vocês!

 

Bjs!

 

Luciana Paixão